Turismo: Movimentação de hóspedes em Cabo Verde diminui em 2021 face ao ano anterior

31/03/2022 23:52 - Modificado em 31/03/2022 23:52
| Comentários fechados em Turismo: Movimentação de hóspedes em Cabo Verde diminui em 2021 face ao ano anterior

O sector do turismo registou uma diminuição de movimentação de hóspedes nas hotelarias e dormidas em Cabo Verde em 2021, face ao ano anterior, informou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, em 2021, a hotelaria registou mais de 169 mil hóspedes, correspondendo a uma diminuição de 18,4 por cento (%) face ao ano de 2020, enquanto no mesmo período as dormidas diminuíram 27,1%.

“O Reino Unido foi o principal país de proveniência de turistas, que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 8,5 noites. A ilha do Sal foi a ilha mais procurada pelos turistas, representando cerca de 45,1% das entradas nos estabelecimentos hoteleiros”, pode-se ler no documento.

Segundo a mesma fonte, em todos os trimestres de 2021, verificou-se acréscimos significativos nos hóspedes e nas dormidas face ao ano 2020, excepto no primeiro, que se verificou um decréscimo de 93,5 e 97,4, respectivamente.

O maior acolhimento se verificou no quarto trimestre (87.751 hóspedes). Nas dormidas o comportamento não foi diferente, sendo que o maior valor verificou-se no quarto trimestre, 488.491 dormidas.

“As dormidas atingiram 839 mil no mesmo período, traduzindo-se numa variação negativa de 27,1%, em relação ao ano de 2021”, explica o INE.

Por outro lado, avança, a análise por tipo de estabelecimentos revela que os hotéis continuam sendo os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 88,9 % do total das entradas.

Seguem-se as pensões, as residenciais e os hotéis apartamentos, com cerca de 4,5%, 3,3% e 2,0%, respectivamente. Relativamente às dormidas, os hotéis representam 94,2%, as pensões 2,4% e as residenciais 1,8%.

Conforme os dados, a ilha do Sal continuou a ter maior acolhimento, com 45,1% do total das entradas, seguida da ilha de Santiago com 25,2% e da Boa Vista, com 13,7%. Em relação às dormidas, Sal apresentou 61,3%, Boa Vista com 20,9% e Santiago, com 9,6%.

Ainda conforme o INE, o principal mercado emissor de turistas, no ano 2021, passou a ser Portugal com 16,8% do total das entradas, a seguir Alemanha com 10,0%, Países Baixos com 6,8% e Reino Unido com 6,6%.

Relativamente às dormidas, Portugal também permanece no primeiro lugar com 17,1% do total, seguido de Alemanha com 13,0%, Reino Unido com 11,4% e Países Baixos com 8,4%.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.