Aulas arrancam sem restrições três anos depois

15/09/2022 01:01 - Modificado em 15/09/2022 01:01
| Comentários fechados em Aulas arrancam sem restrições três anos depois

s aulas vão arrancar na próxima segunda-feira em Cabo Verde, para 131 mil alunos e 6.500 professores, e sem restrições relacionadas com a pandemia da covid-19 três anos depois.

O Ministro da Educação diz que estão reunidas todas as condições para que haja um bom início do ano letivo, com estabilidade e normalidade. “Aquilo que estamos a prever é que as aulas decorrerão dentro da normalidade, não haverá restrições, para já, salvo se vier a acontecer um desenvolvimento da pandemia não previsto atualmente, mas aquilo que perspetivamos é o funcionamento normal das escolas”, previu Amadeu Cruz.

Em conferência de imprensa, na cidade da Praia, o ministro disse que o ano letivo 2022/2023 será ainda marcado pela incerteza derivada da evolução da pandemia da covid-19, tanto a nível nacional como internacional, mas será de transição e da retoma paulatina da normalidade.

Nos últimos dois anos, o país arrancou os anos letivos com várias restrições por causa da pandemia da covid-19, mas nos últimos meses os casos têm diminuído constantemente, tendo o país atualmente 14 casos ativos e não regista óbitos há cerca de dois meses.“

Já há um quadro de consolidação progressiva da normalidade”, garantiu ainda Amadeu Cruz, em aulas que começam na segunda-feira em todo o país para cerca de 131 mil alunos, orientados por 6.500 professores. 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.