Delegada do ME em São Vicente diz que deixa instituição com sensação de dever cumprido

28/01/2022 00:36 - Modificado em 28/01/2022 00:37
| Comentários fechados em Delegada do ME em São Vicente diz que deixa instituição com sensação de dever cumprido

A delegada do Ministério da Educação, em São Vicente, garantiu hoje que depois de cinco anos e seis meses a frente da instituição, sai com sensação de dever cumprido, onde conseguiu materializar vários projetos nas escolas.

Maria Helena Andrade que prepara para deixar o cargo em São Vicente, e viajar para a cidade da Praia, onde vai trabalhar como Diretora dos Serviços de Gestão Pedagógica, Avaliação e Inclusão Educativa na Direção Nacional da Educação, sustenta que todo o trabalho feito durante estes período com a sua equipa, ela deixara a Delegação da Educação com sensação de dever cumprido.

“Terei muitas saudades mesmo, porque durante praticamente cinco anos e seis meses foi a minha casa, foi onde aprendi e cresci muito como profissional, ser humano e ganhei, muitas amizades fiz vários contactos. Estabeleci uma relação próxima com todos. No entanto, não pude agradar a todos, porque algumas decisões tomadas foram pensando na qualidade do ensino, para o bem dos alunos e dos próprios professores” realça Maria Helena Andrade.

A mesma fonte assegura que quando entrou na instituição, algumas escolas estavam a precisar de manutenção, segurança, reabilitação de casas de banhos, cozinhas, pinturas, e conseguiu dar uma nova cara as escolas. “Portanto, é de realçar um aspeto bastante positivo que é o aspeto das escolas, neste momento. Claro que ainda a muito por melhorar, mas estamos num bom caminho” diz.

A delegada do Ministério da Educação de São Vicente, no entanto, diz lamentar por não ter podido chegar a todas as escolas para os poder pintar e deixar de “cara limpa”.

Porém, realça outros ganhos que obteve e que a deixam “orgulhosa” como a implementação do Projeto Palavra-Palavra, parceria realizada com a Associação Portuguesa Mundo a Sorrir, com a Cruz Vermelha de Cabo Verde e com outras entidades, para a reabilitação das estruturas escolares.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.