Associação literária de Santo Antão faz balanço positivo de 2021 e congratula-se pela quantidade de livros doados

27/01/2022 18:49 - Modificado em 27/01/2022 18:50

O presidente da Associação Literária de Santo Antão (ALSA), Kelvis Veríssimo, faz um balanço positivo de 2021, ano zero da agremiação, e regozija-se pelo interesse que as pessoas têm em cultivar cada vez mais o hábito da leitura. No entanto, diz que o maior obstáculo enfrentado é a questão financeira.   

A ALSA, sediada em Porto Novo, segundo o seu responsável, afirma que 2021 foi um ano de muitas doações de livros de várias áreas e para qualquer idade. “Foram várias as pessoas que chegaram até nós para entregar os seus livros. Estes livros têm levado alegria a muitos corações”, sublinha Kelvis Veríssimo, que assegura ainda que todos os membros mostram-se dispostos em querer continuar com as atividades da ALSA.

“Tivemos ajudas derivadas a cooperações institucionais muito importantes, nomeadamente entre as Câmaras Municipais de Ribeira Grande e Porto Novo. Essas autarquias foram muito importantes quanto a apresentação de projetos”, enfatiza.

Contudo, sublinha que “calcanhar de Aquiles” para esta associação, tem que ver com a questão financeira, já que a ALSA é uma associação sem fins lucrativos, mas que mesmo assim todas as atividades realizadas têm os seus custos.

“A parte financeira que nos força a adiar determinados projetos ou atividades. No entanto, alguns conseguimos colocar em pratica”, reforça o presidente da associação.

Segundo a mesma fonte, o projeto “livros para todos” decorreu de forma “positiva” com “alguns obstáculos”, mas foi alcançado e agora é possível melhorar determinados aspectos.

O presidente da ALSA diz ainda ter observado que a adesão de pessoas ao projeto foi de muita “empolgação e curiosidade”, principalmente aqueles mais distantes das cidades.

“As pessoas ainda estão curiosas para saber quando vamos retomar este projeto. As pessoas  no interior dos concelhos da ilha foram as que mais mostraram interesse em aderir a este projeto”, indica Veríssimo que se mostra mais motivado para dar continuidade às atividades.

 “Aproveito para deixar um repto às pessoas para aderirem a associação e que também estamos abertos a qualquer cidadão que queira doar livros à nossa agremiação”, finaliza Kelvis Veríssimo.

ALSA é uma agremiação sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo fomentar a prática da leitura, escrita, pesquisa e afins, numa tentativa de levar a arte das letras a todos os santantonenses.

 AC – Estagiária

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.