CAN: Com duas expulsões Cabo Verde perde nos oitavos de final frente ao Senegal por 2-0

25/01/2022 18:31 - Modificado em 26/01/2022 00:37

Com duas expulsões (Patrick Andrade e Vozinha) Cabo Verde perde nos oitavos de final frente ao Senegal por 2-0.

Terminou o sonho da selecção nacional de futebol no Campeonato Africano das Nações (CAN’2021), depois de perder, por 2-0, com a congénere do Senegal, em jogo dos oitavos-de- final da competição, num jogo onde os Tubarões Azuis viram dois jogadores serem expulsos.

Num jogo decisivo realizada no Estádio Kouekong, em Bafoussam, e que marcou a estreia de Bubista no banco de suplentes, após testar duas vezes para a covid-19, não teve tempo nem de sentar no banco e viu logo aos dois minutos, a estrela maior do Senegal Sadio Mané, atirar com estrondo ao poste da baliza do guarda  redes Vozinha.

O maior domínio do Senegal ficou ainda mais avassalador com a expulsão, aos 20 minutos, do médio cabo-verdiano Patrick Andrade, numa decisão em que o juiz argelino LaulouBenbraham teve que recorrer ao vídeo-árbitro.

Mesmo em inferioridade numérica, os jogadores nacionais conseguiram suster ímpeto ofensivo dos senegaleses, conseguindo terminar a primeira parte com um empate sem golos e sem nenhum remate para a baliza do guarda-redes senegalês Mendy.

Na segunda parte, aos 57 minutos mais uma contrariedade para a equipa cabo-verdiana com a expulsão de Vozinha, também através do vídeo-árbitro, após uma disputa de bola, à entrada da grande área, com Sadio Mané.

Nisto, o guarda-redes suplente Márcio Rosa entrou para o lugar de Garry Rodrigues e com nove jogadores, o atacante do Liverpool Sadio Mané inaugurou o marcador para, em cima do minuto 90, Bamba Dieng fazer o 2-0, resultado com que terminou a partida.

De recordar que durante esta semana surgiu um surto de gastroenterite, provocada por intoxicação alimentar, no seio da delegação cabo-verdiana.

Esta foi a terceira participação de Cabo Verde numa fase final do CAN, depois das presenças em 2013, na África do Sul, e 2015, na Guiné Equatorial.

A 33ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN’2021) conta com a participação das 24 melhores selecções do continente.

A selecção da Argélia, que integra o grupo E com os combinados da Serra Leoa, Guiné Equatorial e Costa do Marfim, foi a vencedora da última edição, realizada em 2019, no Egipto.

Atualizada

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.