Director da Polícia Nacional classifica acontecimento da ilha do Fogo de “insustentável”

25/01/2022 12:58 - Modificado em 25/01/2022 12:58

O director Nacional da Polícia Nacional, Estaline Moreno, classificou hoje de “insustentável” a situação ocorrida na ilha do Fogo onde policiais foram recebidos à pedrada na sequência de uma diligência na zona de Beltches.

“É uma situação diferente e trata-se de uma ocorrência em uma zona onde foi solicitado a presença da polícia que ali se deslocou e fez o seu trabalho. Na altura foi recebida com pedradas, mas depois de se organizarem fizeram o seu trabalho e as pessoas envolvidas foram detidas e apresentadas ao Ministério Público”, contou Estaline Moreno.

Questionado sobre situações de género que acontecem na Cidade da Praia, a mesma fonte afirmou que a polícia sempre tem um plano que é cumprido em situações destas.

“A Polícia Nacional tem um plano que sempre cumpre nestes casos, e conforme as exigências vamos adaptando para fazer frente a situação”, assegurou.

A situação de apedrejamento aconteceu na ilha do Fogo, em Beltches, noite de sexta-feira, 21, onde agentes da polícia foram recebidos à pedrada durante uma diligência na sequência de uma briga na via pública.

Face a isso, as diligências policiais continuaram na tarde de sábado, tendo sido identificados e detidos os suspeitos.

Inforpress/

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.