Covid-19/Mortes: Media de idade é de 78 anos de idade

24/01/2022 23:35 - Modificado em 25/01/2022 11:51
| Comentários fechados em Covid-19/Mortes: Media de idade é de 78 anos de idade

Revisto os números de mortes associadas a covid-19, ocorridos durante os 24 dias do mês de janeiro, até ao momento 40 pessoas já perderam a vida, com uma média de idade de 78 anos.

Informação avançada pelo Diretor Nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto, durante a habitual conferência de imprensa para o balanço semanal da situação epidemiológica, apontando que o país tem neste momento um total de 391 óbitos associados a covid-19, o que dá uma taxa de letalidade de 0,7 por cento (%).

O DNS especificou que de 17 a 23 de janeiro, houve o registo de mais 15 óbitos, que somando aos 25 já registados nos outros dias deste mês, totalizam 40, isto após os números terem sido revistos.

Conforme Jorge Noel Barreto, as mortes ocorridas durante este período são sobretudo de pessoas idosas, com idades iguais ou superiores a 60 anos. Neste lote frisou que 53 por cento (%) são do sexo feminino, ao passo que o sexo masculino representa 47 por cento (%).

A mesma fonte, sustentou que algumas pessoas que já faleceram tinham doenças no aparelho circulatório, como hipertensão arterial, cardíaca ou outras doenças que afetam o sistema circulatório e que correspondem a 46,6 por cento (%). Outros eram diabéticos (20%), sendo que outros apresentavam outras comorbidades.

“Essas mortes continuam a nos mostrar que as pessoas que são mais acometidas, são as pessoas com 60 ou mais anos de idade e sobretudo, pessoas que têm outros problemas de saúde, nomeadamente a hipertensão arterial, diabetes, doenças cardíacas, antecedência de cancro. Tivemos algumas pessoas que tinham como antecedentes o uso abusivo de álcool” vincou.

Nisto, aproveitou para pedir a atenção das pessoas no sentido de cuidarem melhor da sua saúde, e fazerem um esforço para serem vacinados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.