Covid-19: Cabo Verde já vacinou mais de 41 mil adolescentes dos 12 aos 17 anos

24/01/2022 23:28 - Modificado em 24/01/2022 23:29

Cabo Verde já vacinou mais de 41.573 adolescentes dos 12 a 17 anos com a primeira dose, desde que se arrancou com a vacinação deste último grupo etário a beneficiar-se com a vacinação contra a covid-19.

Segundo Jorge Noel Barreto, só na última semana, ou seja, do dia 20 ao dia 23, foi vacinado um total de 5.003 adolescentes de 12 a 17 anos de idade, correspondendo a 72% do total que já se conseguiu vacinar até domingo, 23, que é de 41.573 adolescentes em todo o território nacional.

Estes números alcançados até domingo representam, segundo Jorge Noel Barreto, 72% dos cerca dos 60 mil adolescentes que precisam ser vacinados contra a covid-19 em Cabo Verde.

“O ritmo tem sido bom, isto apesar de alguma diminuição do ritmo em muitos concelhos, visto que muitos adolescentes que estão nas escolas já estão vacinados. Mas há adolescentes que não estão nas escolas e que está sendo difícil de identificar. Devem dirigir aos postos de vacinação o mais rápido possível” salientou Barreto.

Nisto destacou alguns concelhos como Ribeira brava em são Nicolau  e São Lourenço dos Órgãos que já atingiram 91,1% dos adolescentes estimados com uma primeira dose. Também Tarrafal de São Nicolau surge com 90,2%.

Em sentido contrário, deu conta que os concelhos de Santa Catarina de Santiago 51,3%, Tarrafal de Santiago 49,6%, São Salvador do Mundo que tem 31%, o ritmo de vacinação tem sido “mais fraco”.

Em termos de adultos, Jorge Noel Barreto informou que, em todo o arquipélago, 313.660 pessoas já foram vacinados com a primeira dose, sendo que 266.424 pessoas já estão completamente vacinados e que, em relação a doses de reforço, já há um total de cerca de 29.582 vacinas aplicadas.

De salientar que Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais dois óbitos, sendo um em Santa Catarina e outro em Santa Cruz, na ilha de Santiago, e mais 95 novos casos, num dia em que 475 infectados foram declarados recuperados.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado, esta tarde, pelo Ministério da Saúde, do total de 709 amostras analisadas foram notificadas mais 95 infecções pelo coronavírus SARS- CoV-2, com a ilha de São Vicente a registar o maior número de casos (21), seguido de Ribeira Grande de Santo Antão com 12 e Praia com 09.

Brava e Porto Novo registaram 07 casos cada, Tarrafal de Santiago, Boa Vista e Maio tiveram 06 casos, Mosteiros 04, Santa Catarina de Santiago e Ribeira Brava 03, São Filipe, Sal e Tarrafal de São Nicolau 02 e Ribeira Grande Santiago, São Domingos, Santa Cruz São Lourenço dos Órgãos e Santa Catarina do Fogo tiveram 01 caso cada.

A taxa de positividade ficou situada em 13,4 por cento (%) do total das amostras analisadas. Apenas três concelhos não registaram casos, designadamente São Salvador do Mundo, São Miguel e Paul. Entretanto todos os concelhos continuaram com casos activos.

Os dados mostram que um total de 467 pessoas que estavam infectadas foram declaradas recuperadas, reduzindo em mais de 30% o número de casos activos.

Com a actualização de hoje o país passa a contabilizar 1.053 casos activos, 53.915 casos recuperados, 391 óbitos, 33 óbitos por outras causas e 09 transferidos, perfazendo um total de 55.401 casos positivos acumulados.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.