CAN-2021: Adeptos Cabo-verdianos não temem Senegal mesmo sendo uma potência do futebol africano

21/01/2022 01:21 - Modificado em 21/01/2022 01:21

Mesmo o Senegal sendo uma potência do futebol africano os adeptos cabo-verdianos mostram-se esperançosos de que os Tubarões Azuis, possam na próxima terça-feira, 25, vencer e seguir em frente no Campeonato Africano das Nações (CAN 2021), que se disputa nos Camarões.

Um “osso muito duro de roer” é assim que classificam muitos cabo-verdianos a seleção senegalesa que é comandada por uma das estrelas do Liverpool, Sadio Mané e ainda o guarda-redes do Chelsea, Edouard Mendy, eleito nesta semana como o melhor guardião do mundo.

No entanto, a fé move muitos adeptos nacionais que apesar de defrontar uma potência do futebol africano, mostram-se confiantes de que os Tubarões Azuis possam sair com uma vitória, como é o caso de Lia Brito que começa por dizer que o coração está apertado, mas diz confiar plenamente na garra dos jogadores cabo-verdianos e que com “garra, talento e empenho” vamos conseguir seguir em frente.

Já analisando as estatísticas, Mário Dias sustenta que Cabo Verde tem muitas hipóteses de seguir em frente, se as oportunidades criadas forem materializadas em golo.  O mesmo diz que Senegal marcou apenas um golo na fase de grupos, frente ao Zimbabwe na primeira jornada através de um pontapé de pênalti convertido por Sadio Mané, o que mostra que não são uma equipa tão finalizadora.

No entanto, por outro lado ressalva que esta seleção não sofreu um único golo no Grupo B, o que também mostra o poderio defensivo e que se Cabo Verde quiser seguir em frente terá que ter jogadores com veia goleadora neste embate.

“Força Tubarões Azuis, sem medo de trabalho, esforço e humildade de todos é possível, agora não teremos medo de nenhuma potência africana” sustenta Luís Carlos Santos.

De resto, são muitos os cabo-verdianos e não só os que estão esperançados numa boa prestação de Cabo Verde frente ao Senegal.

Cabo Verde qualificou-se para os oitavos-de-final do CAN’2021 na qualidade de um dos quatro melhores terceiros classificados dos seis grupos.

Na primeira fase, a selecção nacional terminou na terceira posição do grupo A, com quatro pontos, sendo que os Camarões, no primeiro lugar, com sete pontos, e Burkina Faso, no segundo, com quatro, conseguiram a passagem aos oitavos de final.

O jogo está marcado para a próxima terça-feira, 25, às 15:00, no Estádio Olembe, em Yaoundé, nos Camarões, e coloca frente a frente o primeiro do grupo B (Senegal) e o terceiro do poule A (Cabo Verde).

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.