Fundação Amílcar Cabral quer manter viva a memória e os ensinamentos do seu Patrono

19/01/2022 23:55 - Modificado em 19/01/2022 23:55
| Comentários fechados em Fundação Amílcar Cabral quer manter viva a memória e os ensinamentos do seu Patrono

Neste dia, 20 de Janeiro, Dia dos Heróis Nacionais, a Fundação Amílcar Cabral, diz que o objetivo é manter viva a memória e os ensinamentos do seu Patrono, e dos Combatentes que dedicaram a sua juventude à causa da luta de libertação e da independência nacional, constitui um dos principais propósitos da Fundação Amílcar Cabral.

Considera que mais do que uma data para celebrar, 20 de Janeiro, dia dos Heróis Nacionais, deve constituir um momento de partilha entre gerações, de reflexão sobre os princípios e valores que guiaram os combatentes “que souberam viver a sua época”. Deve ainda ser uma ocasião para refletir sobre o “Legado Teórico e a praxis de Amílcar Cabral”.

Assim, enquadrado no programa alargado de celebração do centenário do Patrono da Fundação, que se celebra em Setembro de 2024 e no processo de candidatura do legado documental escrito de Cabral à Memória-Mundo da UNESCO e considerando a importância transversal do seu legado humanista, cultural, ético, político, filosófico e estratégico, a Fundação Amílcar Cabral –FAC convida os jovens, as instituições de ensino superior e de investigação, os estudiosos e investigadores a abraçarem esta causa.

Devido ao contexto pandêmico -COVID-19, a FAC não realiza este ano o programa descentralizado de celebração do Dia dos Heróis Nacionais. Para marcar o 20 de Janeiro a FAC associa-se a escolas e a outras entidades como associações juvenis na promoção de um diálogo intergeracional, através de conversas abertas com alunos do Ensino Secundário e jovens em geral, bem como em atividades diversas de celebração do Dia dos Heróis Nacionais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.