São Vicente/Educação – Jorge da Luz substitui Maria Helena no cargo de delegado de educação

18/01/2022 15:37 - Modificado em 18/01/2022 17:00
| Comentários fechados em São Vicente/Educação – Jorge da Luz substitui Maria Helena no cargo de delegado de educação

O ministro da Educação, Amadeu Cruz, anunciou, hoje 18 de Janeiro, no Mindelo, novas alterações a nível do Ministério, direcionando Adriano Moreno como novo Diretor Nacional da Educação, Jorge da Luz foi nomeado o novo delegado do Ministério da Educação na ilha de São Vicente, substituindo assim Maria Helena Andrade ao cargo de diretora do serviço de gestão pedagógica avaliação e inclusão educativa.

O anúncio do ministro foi feito durante uma visita efetuada à Escola Secundária Jorge Barbosa no Mindelo, onde Amadeu Cruz justificou as nomeações.

“Nomeamos um novo diretor nacional da educação, doutor Adriano Moreno. A delegada de São Vicente Maria Helena foi chamada para funções na Praia, ilha de Santiago, para ser diretora do serviço de Gestão Pedagógica Avaliação e Inclusão Educativa. Houve a necessidade de nomear novos delegados em São Vicente, na Praia e em São Lourenço dos órgãos”, explica o governante, que afirma que as nomeações se enquadram num conjunto de reajustes a nível do ministério.  

Em São Vicente, Jorge da Luz, atual diretor do Liceu Ludjero Lima, vai ser o novo delegado do Ministério da Educação, sucedendo assim Maria Helena, que o ministro, a considera ter feito um “excelente trabalho” e aí a necessidade de chamá-la para reforçar os serviços centrais na cidade da Praia.

“Jorge da Luz tem uma vasta experiência em termos da gestão escolar. Tem uma formação sólida nos valores humanos em pedagogia, por isso é alguém que reúne todos os requisitos para ser um bom delegado na ilha”, explica.

Na cidade da Praia, Constantina Afonso, atual diretora da Escola Secundária Pedro Gomes, vai ser a nova delegada.

Em relação ao novo Diretor Nacional da Educação, Adriano Moreno que sucede Leonora Sousa, o ministro afirma que, Moreno tem uma formação sólida nas ciências exatas, mais propriamente em matemática, “que é uma área que queremos fortalecer agora com a reforma do ensino secundário”.

No tocante à reclassificação de professores que completaram a licenciatura em 2016, Amadeu Cruz refere que, as pendências estão sendo resolvidas juntamente aos sindicatos, pelo menos até 2023.

“Estamos a trabalhar, neste momento, na publicação de uma lista de reclassificação referente a professores que obtiverem o grau de licenciatura e outros graus académicos em 2016, e esperamos estar em condições de publicar esta lista brevemente”, reforça.

A finalizar, o governante avançou que brevemente será lançado um concurso de professores e espera que ainda esta semana e o mais tardar na próxima semana, o anúncio seja publicado para que os licenciados possam apresentar as suas candidaturas para o ingresso na carreira de docente. 

AC – Estagiária

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.