São Vicente – Mandingas de Ribeira Bote expectante com a abertura da escola de ritmo e dança

16/01/2022 23:55 - Modificado em 16/01/2022 23:55
| Comentários fechados em São Vicente – Mandingas de Ribeira Bote expectante com a abertura da escola de ritmo e dança


O grupo de Mandingas de Ribeira Bote, através do seu presidente Nilton Rodrigues, mostrou-se ambicioso e expectante no arranque deste projecto para a criação da escola, que conforme Abraão Vicente, já conta com o apoio do Ministério da Cultura e Indústrias criativas, que já prometeu que vai avançar, ainda, neste trimestre de 2022, com um montante.

Este incentivo para criar escola de batucada e dança para crianças, uma garantia do MCIC, visa fornecer Kits de batucada para os Mandingas de Ribeira Bote avançarem com o projecto, que tem duas vertentes. Uma vertente social, que é a tirar as crianças e adolescentes da rua e levá-los a frequentar as aulas e a outra econômica, uma forma de também, os mandingas conseguirem receitas com turistas, emigrantes, visitantes, que querendo podem fazer workshops na escola.

“Mandinga é uma tradição e não podemos deixá-la morrer. Por isso  é muito bom transmiti-la às nossas crianças. Enquanto estão a tocar, dançar e cantar estão ocupando os tempos livres de uma forma saudável”, sustentou Nilton Rodrigues.

É que pela segunda vez consecutiva o grupo que arrasta milhares de pessoas em São Vicente, não vai sair. E esta foi uma das soluções encontradas pelo grupo que a apresentou ao MCIC e que teve boa aceitação.  “Neste momento temos essa dimensão do povo que arrastamos” e queremos manter viva esta tradição, e continuar a passar o que sabemos aos mais jovens”, referiu Nilton Rodrigues.

Este dirigente dos Mandingas de Ribeira Bote diz que a sua função é continuar a ver Mandinga a trabalhar de forma diferente dos anos anteriores. 

O Carnaval do Mindelo não se limita apenas a uma semana. Na verdade, começa logo na semana seguinte ao Ano Novo. Todos os domingos as Mandingas da Ribeira Bote celebram a chegada do Carnaval nas ruas do Mindelo.

E o domingo a seguir ao Carnaval é outro dia em que tudo gira em torno das Mandingas da Ribeira Bote. Milhares de pessoas se reúnem para se juntar a eles em um grande desfile o “Enterro do Carnaval”, onde há junção de todos os grupos de Mandingas de Carnaval de S. Vicente, isto é, Ribeira Bote, Ribeirinha, Fonte Filipe, Espia, Pedreira, Fernando Pau.
Confeccionam caixões, e também nesse dia há trio eléctrico com a participação de artistas, que se destacam principalmente na composição de músicas de mandingas.

EC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.