HBS condiciona acesso ao hospital a casos menos graves e reafirma que as visitas continuam suspensas

6/01/2022 00:16 - Modificado em 6/01/2022 00:16

O Hospital Baptista de Sousa, anunciou esta quarta-feira, 05, que durante a pandemia, com o objetivo de prevenir e conter a transmissão do vírus, o acesso ao hospital está condicionado e que os utentes não devem se deslocar ao hospital a não ser se tem um ato marcado e confirmado. As visitas continuam ainda suspensas.

A direção do HBS através de uma nota, afirmou que a pandemia pelo vírus Covid-19 sofreu um agravamento desde o final de 2021, com aumento dos casos, levando a grande afluência aos cuidados de saúde.

E é neste sentido que diz ser necessário organizar esta procura para o “bem de todos”, uma vez que a população precisa de atenção, “os casos graves precisam de ser bem vistos e tratados, os doentes sem Covid-19 continuam a existir, e há casos graves entre eles, bem como, é preciso cuidar dos profissionais de saúde que contraíram a Covid-19 e seus respectivos familiares”.

De acordo com as Diretrizes da Direção Nacional de Saúde todos os doentes com sintomas de Covid19 (tosse, febre, espirros, irritação na garganta, dores pelo corpo e dores de cabeça) devem se auto-isolar em casa e contactar a linha verde 800 11 12, e podem ainda contactar o centro de saúde que abrange a sua zona de residência para melhor orientação, realização de testes e justificação de faltas laborais. Através dessa chamada o doente também pode ser encaminhado para o hospital se houver indícios de gravidade.

Esclareceu que deve recorrer ao hospital se possível após contacto com a Linha Verde COVID 19 ou com o Centro de Saúde se o paciente estiver com febre há 5 dias, aumento da frequência da febre após 3 dias, falta de ar, dor no peito e desmaio. Pede para se manter o distanciamento de 1,5m enquanto estiver a aguardar o atendimento.

No que toca ao acesso ao hospital durante a pandemia, a direção vincou que com o objetivo de prevenir e conter a transmissão do vírus, o acesso ao hospital está condicionado. Ou seja, os utentes não devem se deslocar ao hospital a não ser se tem um ato marcado e confirmado.

“Continuam suspensas as visitas. Os Acompanhantes (pessoa de referência – familiares ou cuidadores dos doentes internados), são designados desde o inicio do internamento para que possam ter acesso á informação do seu doente por telefone e para terem acesso á enfermaria se o doente depende com necessidade de acompanhante presencial” diz ainda o HBS que esclarece que excetuando a pediatria onde o doente tem sempre o acompanhante, e menores de idade internados nos restantes serviços.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.