Sindicato Democrático dos Professores pede adiamento do início do segundo Trimestre

5/01/2022 12:43 - Modificado em 5/01/2022 12:43
| Comentários fechados em Sindicato Democrático dos Professores pede adiamento do início do segundo Trimestre

O Sindicato Democrático dos Professores – Sindprof pede o adiamento do início do segundo trimestre, por pelo menos uma semana, devido ao aumento exponencial dos casos de covid-19 e com a presença confirmada da variante Ómicron no país.

Através de uma nota de imprensa a Sindprof alega que face ao “descontrolo” da situação pandêmica no país, com o aumento exponencial dos casos de covid19 e com a presença confirmada da variante Ómicron no país, é prudente que se adia o retorno às aulas (pelo menos mais uma semana), de modo que se possa ter o controlo da situação.

A mesma fonte, recorda que o país regista, neste momento 5568 casos ativos, e o número só tem vindo a aumentar e que as escolas são, também, lugares propícios para o contágio, já que muitas vezes não se consegue ter todo o controlo daquilo que acontece com as crianças.

“Por isso, defendemos um adiamento do início do segundo trimestre de modo a evitarmos infeções comunitárias e, quiçá, um colapso institucional” sustenta a mesma fonte, que questiona ainda se de facto, se está em condições de iniciar o 2 Trimestre já no dia 6 de janeiro.

“Será que estamos com todas as condições criadas perante este número grande de casos ativos? Já há lavadouros em todas as escolas? Serão disponibilizadas máscaras para os professores e para as crianças carenciadas?” questiona.

Nisto, afirma que é necessário que haja uma preparação prévia de modo que o arranque das aulas na capital possa decorrer sem nenhum constrangimento.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.