Cabo Verde volta a bater recorde com 1025 casos, e regista 3 mortes dois dos quais em São Vicente

5/01/2022 09:48 - Modificado em 5/01/2022 09:49
| Comentários fechados em Cabo Verde volta a bater recorde com 1025 casos, e regista 3 mortes dois dos quais em São Vicente

Cabo Verde voltou a bater o recorde de casos diários de infeção pelo novo coronavírus, com 1025 nas últimas 24 horas, registando ainda 3 mortes associadas a doença, dois dos quais em São Vicente, informou hoje o Ministério da Saúde.

Conforme o boletim epidemiológico, nas últimas 24 horas os laboratórios analisaram um recorde de 3.005 amostras e encontraram também o maior número de casos diários de infeção pelo novo coronavírus, com 1025, dando uma taxa de positividade de 34,1%.

O maior número de casos foi registado em São Vicente com 237 em 769 amostras analisadas, seguindo-se a cidade da Praia com 231 casos e Sal com 104.

Na ilha de Santiago há mais infeções em Ribeira Grande (5), São Domingos (14), Santa Catarina (27), São Salvador do Mundo (8), Tarrafal (8), São Miguel (10), Santa Cruz (16) e São Lourenço dos Órgãos (3).

Em Santo Antão, foram diagnosticados mais casos, em Ribeira Grande com 71, Porto Novo 36 e Paul 27. Maio 34, Boa Vista tem mais 56 infectados, Brava somou mais 3, Fogo tem casos em São Filipe 37, nos Mosteiros 19 e Santa Catarina 13. São Nicolau tem mais 41 casos em Tarrafal e 25 na Ribeira Brava.

Nas últimas 24 horas, as autoridades deram conta de três óbitos, sendo dois em São Vicente, sendo um por outras causas e outro na Cidade da Praia, aumentando o acumulado para 354, das quais 18 por outras causas.

Desde segunda-feira, 254 pessoas tiveram alta, aumentando para 38.643 casos recuperados, do total de 44.592 casos positivos acumulados, em que os ativos aumentaram para 5.568.

Depois de uma situação estável desde meados de outubro, com praticamente menos de 20 casos todos os dias, há pouco mais de uma semana que o país tem registado números elevados de casos de covid-19, com os recordes dos últimos dois dias.

O agravar da situação pandémica levou o Governo cabo-verdiano a voltar a declarar a situação de contingência, com aperto de várias regras, exigindo teste negativo no acesso aos restaurantes, proibindo festas de passagem de ano nas ruas, impondo o regresso ao uso obrigatório de máscaras na rua.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.