Vacina Covid-19: DNS anuncia dose de reforço para maiores de 18 anos

3/01/2022 23:15 - Modificado em 3/01/2022 23:17

Com o descontrolo da situação nos últimos 14 dias o Diretor Nacional de Saúde, aponta para a hipótese “mais que provável da circulação da variante ómicron” no país, faltando neste momento a resposta das amostras enviadas para o Instituto Pasteur em Dakar. O mesmo anunciou que as pessoas com 18 ou mais anos já podem aderir a dose de reforço de vacina.

Para Jorge Noel Barreto o elevado número de casos registados nos últimos dias no arquipélago, é um indício que a variante ómicron esteja a causar todo este “descontrolo epidemiológico” embora ainda não disponha da confirmação laboratorial que falta para se chegar a esta hipótese “mais do que provável da circulação da variante ómicron” no país.

“Não há um impacto expressivo, embora ainda seja um pouco cedo porque como sabemos a situação descontrolou-se há pouco mais de 10 dias praticamente. Ainda é cedo temos que estar bastante atentos e cautelosos” assegurou o DNS.

Neste sentido, avançou que as pessoas devem reforçar as medidas de proteção a covid-19, como o uso de máscara facial na via publica, distanciamento social, higienização das mãos e a vacinação. 

Sobre a dose de reforço que estava sendo aplicada a pessoas com 60 ou mais anos, o DNS apontou que as pessoas com 18 anos ou mais já podem aderir a vacinação.

“Fizemos uma analise do stock de vacina da moderna que é a vacina que estamos a fazer o reforço e que o prazo vai se expirar dentro de poucos dias, nós não gostaríamos de perder essas doses de vacinas, porque custaram a ser arranjadas” vincou.

A partir desta terça-feira, 04, quem tem 18 ou mais anos pode dirigir a um dos postos de vacinação e tomar a sua dose de reforço. “É bastante recomendável, tendo em conta os efeitos de proteção” sustentou.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.