São Vicente: Leonardo Ramos e Hadija Bento são os campeões do Open de Esgrima

29/12/2021 02:36 - Modificado em 29/12/2021 02:42
| Comentários fechados em São Vicente: Leonardo Ramos e Hadija Bento são os campeões do Open de Esgrima

Os esgrimistas Leonardo Ramos Hadija Bento venceram, esta terça-feira, 28, 1.º Open de esgrima de São Vicente, que aconteceu no pavilhão da Faculdade de Educação e Desporto da Universidade de Cabo Verde, no Mindelo, realizada de forma mista e inclusiva, com a participação de homens e mulheres.

No misto Leonardo Ramos venceu todos os seus adversários, batendo na final José Gomes. Hadija Bento que chegou nas meias finais, mas acabou por não conseguir alcançar a final. Na prova de juniores, venceu Nicole Delgado por 15 -10, o que significou 15 toques com a espada em três minutos, contra 10 de Nicole Delgado.

Uma prova que os atletas consideraram ter sido bastante positiva. Leonardo Ramos, disse que foi uma competição que serviu para colocar em ação todo o treinamento realizado durante cerca de ano e pouco. E espera que consigam atrair mais participantes em São Vicente e em todo o País, para que o nacional, venha a ser mais competitivo.

 A esgrimista dos juniores, Hadija Bento disse que foi difícil vencer a prova de juniores, e por isso sente-se satisfeita pela conquista, principalmente por ser a primeira atleta do país e campeã de esgrima nesta primeira edição em São Vicente.

Para o director técnico da Federação Nacional de Esgrima, Rui Fortes a avaliação desta prova que marca o encerramento das actividades deste ano, foi “muito positivo, com os esgrimistas a conseguiram mostrar uma qualidade técnica acima das expectativas, o que mostra alguma maturidade neste primeiro ano de prática da modalidade”.

Para este responsável que é, também um dos impulsionadores da modalidade na ilha, os atletas tiveram um “desempenho incrível”.

Questionado sobre as atividades da federação para o ano 2022, revelou que vai ser um ano mais dinâmico, isso porque, acrescentou, a instituição desportiva, já tem um programa elaborado.

Portanto, um programa ambicioso cuja visão é a massificação da prática de esgrima em Cabo Verde e combater o tabu de que é um desporto, somente para camadas privilegiadas, embora reconhece que os equipamentos têm um certo custo, mas acredita que isto não vai ser um impedimento para a implementação do esgrima no país, desde de que venha a ter apoio institucional, um trabalho organizado científico e a prática do desporto.

Este torneio foi realizado pela associação de esgrima na ilha em parceria com a federação.

Elvis Carvalho

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.