São Vicente vai receber projecto privado com investimento de 1.200 mil euros para “Riviera Mindelo”

12/12/2021 20:15 - Modificado em 12/12/2021 20:16
| Comentários fechados em São Vicente vai receber projecto privado com investimento de 1.200 mil euros para “Riviera Mindelo”


A sociedade privada Mindelgolf & Resort pretende implementar o projecto “Riviera Mindelo”, em São Vicente, avaliado em 1.200 mil euros, que prevê a construção de uma marina para 300 navios de recreio e um campo de golfe internacional.

Este projecto, cuja convenção prevê a assinatura de um acordo entre o Estado de Cabo Verde e a sociedade privada Mindelgolf & Resort, será desenvolvido em três fases, sendo a primeira fase de três anos, para a infraestruturação e construção de equipamentos básicos e do loteamento, incluindo as áreas de circulação e as infra-estruturas de água, energia, saneamento e comunicações.

De acordo com a resolução, publicada pelo Governo a segunda fase, prevê a construção de infra-estruturas desportivas, uma marina interior para receber 300 navios de recreio, um centro de saúde moderno, complementar ao Hospital Baptista de Sousa e aos recursos laboratoriais existentes em São Vicente, com a duração de trinta meses a contar do término da primeira fase.

Já a terceira fase, com a duração de seis anos, aproximadamente de edificação, inclui a construção de uma torre central, de trinta andares, para acolher o centro internacional de negócios (incluindo, comércio, finanças, shipping e serviços diversos), um conjunto de hotéis de referência, conforme especificado no plano de negócios, uma área de vivendas de luxo, para comercialização em mercados de luxo altamente exigentes.

O mesmo também prevê uma área de condomínios fechados de elevado padrão de qualidade, uma área comercial e recreativa, acessível a toda a cidade, conforme o plano de negócios, condomínios fechados de elevado padrão.
As infra-estruturas desportivas incluem um campo de golfe de 18 buracos, a ser inscrito na PGA – Professional Golfers Association, para permitir ao Clube Golfe de São Vicente entrar em competições internacionais realizadas também em Cabo Verde, e criar o “Open de São Vicente”, um campo de cricket com o objectivo de manter e desenvolver a tradição do cricket na ilha de São Vicente, e quatro cortes de ténis.

O projecto é inteligente, faz uso exclusivo às energias não convencionais e renováveis, incluiu o tratamento dos efluentes através de uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), de última geração, para servir toda a cidade do Mindelo, com capacidade para produzir água tratada suficiente para irrigar entre oitocentos a mil hectares.
De acordo com os promotores, as perspectivas é que este projecto deverá criar de sete mil a 10 mil empregos directos.
Como impacto, esperam que o projecto abra perspectivas novas para fazer da ilha de São Vicente um centro internacional de negócios, para a implantação da praça financeira, do hub tecnológico e para o desenvolvimento da economia marítima, em particular do shipping.

Também esperam que induza um efeito socioeconómico notável nas ilhas vizinhas de São Nicolau e de Santo Antão, que traga qualidade e valor ao turismo, tanto no que respeita ao turismo de circulação como ao turismo residencial, que cria condições e um ambiente muito favorável à emergência de micro, pequenas e médias empresas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.