“Mindelo – sab ca doe” – novo sucesso de Edwin Vibez – é um reencontro harmonioso entre o moderno e o tradicional

20/11/2021 19:07 - Modificado em 20/11/2021 19:11

Autoria do jovem Edwin Vibez, o single “Mindelo – sab ca doe”, lançado na quinta-feira, 18 de Novembro e que conta com a participação de Ceuzany e produção musical de Nana Almeida, já conta com quase seis mil visualizações em pouco mais de 24 horas.

O cantor e compositor Edwin Vibez, sobre os temas que tem habituado aos seus fãs, diz que sempre tenta colocar a sua “força e alma” em todos os seus projetos, procurando sempre alcançar novas sonoridades entre o R’n’B, o Trap e o Pop, com um estilo único e nunca esquecendo as suas raízes crioulas.

Com “Mindelo – sab ca doe”, Edwin Vibez e Nana Almeida viajam pelas raízes da Cumbia, música da América Latina, que resultou da fusão dos instrumentos dos escravos negros e dos índios, que músicos cabo-verdianos nos anos 60 /70, em especial Luís Morais trouxeram e fundiram com a coladeira,  e incorporam a batida do Afro beat no sample de “Pipilita”.

Ceuzany dá voz e alma completando a fusão dos vários estilos.

“Mindelo – sab ca doe “é uma coladeira, um afro beat, uma cumbia? Só se descobre dançando, dançando num reencontro harmonioso entre o moderno e o tradicional, destaca o jovem que neste single convida os mindelenses a fazerem o que gostam mais de fazer e que a pandemia os impediu: festejar, festejar por que Sab ca doe.  

“Mindelo” de Edwin Vibez é um Mindelo pronto para voltar à sua essência: ao  ambiente festivo que caracteriza a cidade do Mindelo.

“Onde  Cabo Verde mostra-se no seu melhor: um povo alegre, amante da paz. A terra onde Deus derramou a Sua alegria. Era difícil cantar Mindelo, a cidade mais cantada no Mundo. Era difícil fazer algo diferente sobre Mindelo. Mas Edwin Vibez, Ceuzany e Nana Almeida conseguiram captar a alma de Mindelo com uma batida que sabe á Mindelo, terra que Deus D’ rama se ligria onde, seguramente : Sabe ca ta doe”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.