Ministro do Mar Paulo Veiga demite-se do governo

2/11/2021 15:42 - Modificado em 2/11/2021 15:42
| Comentários fechados em Ministro do Mar Paulo Veiga demite-se do governo

O Ministro do Mar de Cabo Verde, Paulo Veiga, demitiu-se esta segunda-feira do cargo. Ainda não se sabe as causas desta demissão, mas o certo é que informações apuradas por este online dão conta do pedido de demissão do governante, que hoje esteve a se despedir da sua equipa de trabalho, em São Vicente, onde fica o ministério que tutela.

O pedido de demissão de Paulo Veiga, ainda não confirmado pelo governo de Cabo Verde, acontece duas semanas depois das presidenciais e quase sete meses após as eleições legislativas, que reconduziu o Movimento para Democracia ao poder, para um segundo mandato.

Paulo Veiga, que durante a IX Legislatura, foi Secretário de Estado para a Economia Marítima e Ministro da Economia Marítima, nesta legislatura o ficou na mesma área, apenas mudou o nome para Ministério do Mar.

Ao aceitar esta decisão, o primeiro-ministro terá que apresentar, na sequência, ao Presidente da República, o nome do novo ministro do mar.

No entanto, esta situação acontece numa altura em que Ulisses Correia e Silva, líder do MpD e Primeiro-ministro, está fora do país, a participar na cimeira dos líderes mundiais enquadrada na Conferência sobre Alterações Climáticas Cop 26, que decorre em Glasgow, Escócia.

Paulo Veiga é licenciado em Gestão de Empresas e Mestre em Marketing. Na Assembleia Nacional, foi membro do Conselho de Administração, em representação do MpD. Assumiu, ainda, as seguintes funções de Administrador Executivo na Fundação Carlos Albertino Veiga, Vice‐presidente da Câmara de Comércio Indústria e Serviços de Sotavento e Administrador nas empresas Terra‐Imóvel, Monte Vermelho, Carlos Veiga Lda (sócio-administrador), Media Comunicação, CIMPOR e Cimentos de Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.