INPS espera que quinto “lay-off” seja o último

28/10/2021 23:51 - Modificado em 28/10/2021 23:51
| Comentários fechados em INPS espera que quinto “lay-off” seja o último

A presidente do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), Orlanda Ferreira, disse hoje espera que o quinto “lay-off” anunciado pelo Governo e previsto até 31 de dezembro seja o último, para evitar desequilíbrio do sistema, embora tenha considerado relativamente baixo este risco e deste modo “não deve ser visto como algo a temer”, mas sim como “um sinal ou uma bússola”.

Para esta responsável, os tempos da crise pandémica com grandes e lesivos impactos na economia e no emprego “foram e continuam sendo desafiantes para o INPS que, no entanto, se sentiu honrado e satisfeito pelo apoio que conseguiu prestar de forma quase que generalizada os seus segurados, pensionistas e beneficiários num momento em que todos, direta ou indiretamente, precisavam da segurança social”.

Orlanda Ferreira considerou que não é uma pressão para o Instituto compensar os trabalhadores pela perda de rendimento por causa da covid-19, entendendo que não seria salutar deixar os trabalhadores irem para o desemprego, quando são eles que contribuem para o sistema de segurança social.

Para ela, o país já vai tendo melhorias a nível dos efeitos da pandemia da covid-19 e o setor de turismo está a retomar as suas atividades, que é que tem maior número de trabalhadores em regime de ‘lay-off, com os consequentes encargos.

Cerca de 18.400 trabalhadores cabo-verdianos beneficiaram do regime de suspensão do contrato de trabalho (‘lay-off’) até finais de setembro, representando despesas de cerca de 23 milhões de euros, iformou hoje o vice-primeiro-ministro, Olavo Correia.

Em 08 de outubro o Governo anunciou o prolongamento até 31 de dezembro do ‘lay-off’, prevendo que seja ser o último.

A alteração à lei desde julho de 2020 estabelece a medida excecional e temporária de proteção dos postos de trabalho para mitigar as consequências económicas da pandemia, através do regime simplificado de suspensão de contrato de trabalho (‘lay-off’).

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.