Presidências 2021: 207.355 pessoas não votaram, o que corresponde a 52,01% de abstenções

24/10/2021 23:02 - Modificado em 24/10/2021 23:02
| Comentários fechados em Presidências 2021: 207.355 pessoas não votaram, o que corresponde a 52,01% de abstenções
presidenciais


De acordo com a Comissão Nacional de Eleições (CNE), ao todo, estiveram inscritos 398.690 eleitores nos cadernos eleitorais, sendo 342.610 a nível nacional e 56.080 na diáspora e que do total dos inscritos, 191.335 foram às urnas, o que corresponde a 47,99%, nas eleições do passado domingo, 17.

A abstenção, de acordo com os dados da CNE, é de 207.355, correspondendo a 52,01%. Nessas eleições de 17 outubro, houve ainda 4.295 votos em branco (2,24%), com registos de 4.295 casos, sendo 4.153 no País e 142 no estrangeiro.

Quanto a votos nulos de acordo com a primeira responsável da administração máxima do processo eleitoral, foram 1592 (0,83%) e em termos de votos validamente expressos são 185.448.

Segundo a presidente da CNE, Maria do Rosário Gonçalves, o candidato apoiado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) foi o mais votado, quer a nível nacional (87.379 votos), quer no estrangeiro com 8.595 votos.

A seguir, surge o candidato Carlos Veiga, apoiado pelo Movimento para a Democracia (MpD-poder) que obteve um total de 78.612 votos, sendo 72.809 no País e 5.803 no estrangeiro.

Casimiro de Pina é o terceiro mais votado com um total de 3.346 votos, seguido de Fernando Delgado 2.518 votos, Hélio Sanches 2.185 votos, Gilson Alves 1.410 votos e Joaquim Monteiro 1.403 votos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.