Paulo Veiga confirma saída do governo por “motivos de nobreza da política”

3/11/2021 10:54 - Modificado em 3/11/2021 10:54
| Comentários fechados em Paulo Veiga confirma saída do governo por “motivos de nobreza da política”

O Ministro do Mar, Paulo Veiga anunciou esta quarta-feira, o seu pedido de demissão do governo, uma informação que o Notícias do Norte já tinha avançado, através de uma nota de imprensa, onde refere que solicitou ao Primeiro-Ministro a sua exoneração do cargo de Ministro do Mar.

O governante demissionário justificou esta decisão, em nota enviada à comunicação social, alegando por motivos de nobreza da política, sublinhando que na assunção individual de responsabilidades a cada momento, “em coerência com a minha consciência política, solicitei minha exoneração com a pretensão de tirar todas as consequências políticas e poder continuar a servir o meu país com a máxima dignidade e sentido de estado, enquanto deputado nacional, numa altura tão crítica da vida do País”.

Apesar de concretizado, Paulo Veiga afirmou que embora esteja de partida, ainda continua a ter condições políticas para exercer até ao final do mandato, já que este é um cargo (deputado) pelo qual foi eleito diretamente pelo povo.

“Esta é uma decisão irreversível, que seguirá agora os trâmites formais. Agradeço, reconhecido, a honra e o privilégio de ter participado no Governo, servindo Cabo Verde e os cabo-verdianos”.

Nesta hora de partida, Paulo Veiga, diz que trabalhou com seriedade e comprometimento, convicto de que foram alcançados resultados importantes, num contexto de grandes dificuldades. “Assegurarei a transição de pasta, para que todos os processos em curso possam ser acolhidos tranquilamente pela futura tutela”, conclui a nota.

Apesar desta confirmação, Paulo Veiga, não avançou os motivos que estiveram na base desta decisão, embora haja especulações.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.