Governo quer atingir já em 2025 a fasquia de 30% de produção de energia por fontes renováveis

6/10/2021 23:44 - Modificado em 6/10/2021 23:44
| Comentários fechados em Governo quer atingir já em 2025 a fasquia de 30% de produção de energia por fontes renováveis

Cabo Verde assume a meta de atingir já em 2025 a fasquia de 30% de produção de energia por fontes renováveis, no âmbito do plano para reduzir também a dependência do arquipélago dos combustíveis fosseis, “e exceder os 50% em 2030”. A informação foi avançada pelo ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Dias Monteiro, durante a interpelação sobre a Política Energética agendada por iniciativa do PAICV.

Até 2030 o país terá 250 MW de capacidade instalada de energias renováveis, cerca de sete vezes superior à capacidade renovável instalada atualmente, dos quais 64% de fonte solar e 36% de origem eólica, com cerca de 600 MWh (megawatt-hora) de capacidade de armazenagem de energia”, disse o ministro nessa ocasião.

“O plano para o setor elétrico está a ser executado conforme estabelecido. Está em curso o processo de instalação de cinco parques renováveis com capacidade global de 35 MW, sendo três com investidores já selecionados de forma competitiva e mais dois parques em fase de concurso. De igual forma, encontram-se em fase de preparação para lançamento de concurso mais 40 MW de capacidade de produção renovável”, anunciou.

O ministro explicou que está em fase final de conclusão o projeto para a instalação na ilha de Santiago de uma bateria hidráulica com capacidade para 20 MW, para armazenar a energia produzida por fontes renováveis, num investimento estimado de 5.000 milhões de escudos.

“Para acelerar a transição energética o país precisa mobilizar no horizonte 2019/2030 cerca de 50 milhões de contos. Mais de dois terços deste montante deverão ser assegurados via participação privada, com projetos a serem implementados por produtores independentes, selecionados através de concurso”, concluiu o governante.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.