Mundial 2022: Cabo Verde com pensamento na vitória rumo ao apuramento

6/10/2021 23:16 - Modificado em 6/10/2021 23:16
@FCF

A seleção nacional de futebol joga esta quinta-feira, 06, a partir do meio-dia, o primeiro de dois encontros decisivos com a Libéria a contar para a terceira jornada do ‘Grupo C’ da fase de Qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022.

A seleção nacional, que divide o último lugar do grupo com a República Centro Africana (ambos com ponto), encara a partir do meio-dia, a Libéria que é a 2.ª classificada do grupo.

O duelo entre “Águias” e “Tubarões Azuis” será disputado em solo ganês. Depois de um empate fora e uma derrota em casa, o combinado cabo-verdiano parte em busca da sua primeira vitória na fase de qualificação.

A preparação deste encontro, que pode ser decisivo para as ambições nacionais, foi condicionada pelo pouco tempo para montar a estratégia para enfrentar a Libéria, uma vez foi só nesta quarta-feira que a equipa técnica nacional pôde contar com o grupo completo, um facto entretanto desvalorizado pelo capitão Marco Soares.

“É uma condicionante que temos hoje em dia. Principalmente por causa das viagens que são complicadas. O normal é começar os treinos com todos os jogadores, mas é uma situação à qual temos de saber nos adaptar”, disse Marco Soares.

O capitão admitiu que a seleção poderia ter feito mais pontos nas duas primeiras jornadas, contudo, lembrou que o que importa são os jogos que ainda restam, inclusive o desta quinta-feira.

“O nosso objetivo é sempre entrar em campo para ganhar, seja com que adversário for. Tivemos dois resultados em que poderíamos ter conseguido mais, não tanto ao nível de exibição, mas em termos de resultados”.

“Não foi aquilo que desejávamos. Contra a República Centro Africana, e mesmo frente a Nigéria, poderíamos ter feito algo mais em termos de pontuação. Mas, o futebol é assim e agora temos de ganhar a Libéria e manter o foco no nosso objetivo”, disse o jogador de 37 anos.

O jogo de amanhã entre a Libéria e Cabo Verde está marcado para as 12 horas (13 horas no Gana) e terá a arbitragem de um quarteto do Burquina Faso liderado pelo juiz Jean Ouattara.

As duas seleções voltam a medir forças já no próximo domingo, 10, desta vez no Estádio Adérito Sena, em Mindelo.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.