Recusa de visto à esposa de Alex Saab viola despacho do Tribunal da Relação de Barlavento

6/10/2021 18:00 - Modificado em 6/10/2021 18:01

A embaixada cabo-verdiana em Cuba continua a não conceder o visto de entrada em Cabo Verde à esposa de Alex Saab e às duas filhas menores do casal, contrariando a autorização, expressa num despacho do Tribunal da Relação de Barlavento (TRB), em que essa instância concede aos familiares do diplomata venezuelano o direito de entrar no nosso país e de “viver em economia comum no domicílio” do mesmo.

O despacho judicial refere “a esposa, os filhos e as amas” como fazendo parte da lista de pessoas abrangidas pela autorização de entrada no país e de residência no domicílio de Alex Saab, mas a recusa do visto a Camila Saab e às duas filhas, não permite a concretização desse direito, privando o diplomata, detido há quase ano e meio na ilha do Sal, o consolo de ter junto de si os seus entes mais queridos.

Camila Saab encontra-se ainda, com as duas filhas, em Cuba, onde se localiza a embaixada de Cabo Verde mais próxima do seu país, para obter um visto que lhe permita deslocar-se ao arquipélago, na sequência de promessas que lhe foram feitas, nesse sentido, pelas autoridades nacionais.

A esposa do diplomata já tinha obtido, através dos seus advogados, autorização para a aterragem, em Cabo Verde, de um avião privado em que viajaria, mas o atraso, até agora sem qualquer justificação, persiste.

“Isto é repugnante dada a distância que percorri para chegar aqui com as minhas duas filhas pequenas e dada a deterioração do estado de saúde do meu marido”, desabafou Camila Saab numa mensagem dirigida ao povo cabo-verdiano, ao qual pergunta se está ciente do que os seus líderes estão a fazer à reputação do país”.

“É este o tipo de comportamento pelo qual Cabo Verde quer ser conhecido? questiona ainda, dizendo esperar que o bom senso prevaleça e pedindo aos cabo-verdianos que convençam ao seu Governo a mostrar “compaixão e humanidade”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.