Observatório Cidadania Ativa pede “espírito de cidadania” aos candidatos no cumprimento das orientações das autoridades sanitárias e reforço da democracia

30/09/2021 20:40 - Modificado em 30/09/2021 20:40
| Comentários fechados em Observatório Cidadania Ativa pede “espírito de cidadania” aos candidatos no cumprimento das orientações das autoridades sanitárias e reforço da democracia

O Observatório Cidadania Ativa pediu hoje aos sete candidatos que estão na corrida ao Palácio presidencial, e que iniciaram as suas atividades de campanha no terreno, para cumprirem “rigorosamente” das orientações das autoridades sanitárias.

Num comunicado assinado pelo seu presidente Orlando Lima, o OCA começa por desejar a todos os candidatos “muitos sucessos”, mas apela para que seja uma campanha “muito positiva em todos os aspetos, nomeadamente nas ações no terreno, respeitando as medidas sanitárias em vigor por causa da pandemia da covid-19”.

“Aqui este espirito de cidadania é exigido a todos os candidatos e suas respetivas equipas para cumprirem, rigorosamente, as orientações das autoridades. Mas também que seja uma campanha eleitoral com grande sentido cívico, elevação e ponderação nos discursos e nas mensagens, bem como na linguagem a utilizar” escreve a mesma fonte.

No entanto, o OCA apela para que esta disputa ao prestigiado cargo de Presidente da República seja feita “sem ofensas e sem a degradação da imagem e do bom nome dos candidatos, suas famílias e staff de campanha”.

Aos cidadãos o Observatório da Cidadania Ativa deixa o apelo para “exercerem de forma ativa e responsável a sua cidadania eleitoral”, lembrando que o “voto é um direito fundamental de cada um” e por isso “deve ser exercido em consciência e com muita responsabilidade”.

“Que esta campanha eleitoral seja mais um exemplo de cidadania a todos os níveis e mais um passo na consolidação da nossa democracia” conclui o OCA.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.