OMS África diz que Cabo Verde já vacinou mais de 20% da população

30/09/2021 12:57 - Modificado em 30/09/2021 12:57
| Comentários fechados em OMS África diz que Cabo Verde já vacinou mais de 20% da população

A Organização Mundial da Saúde (OMS) para África anunciou hoje que as Seicheles e as Maurícias vacinaram completamente mais de 60% da sua população, Marrocos 48% e a Tunísia, Comores e Cabo Verde mais de 20%

E segundo a mesma fonte, um terço dos 54 países africanos vacinaram totalmente 10% da população até esta quinta-feira, 30 setembro, um objetivo traçado em maio, ultrapassado por outros países como as Seicheles e as Maurícias que vacinaram a maioria (60%) da população, segundo a OMS.

A maioria dos países africanos que atingiram o objetivo têm populações relativamente pequenas e 40% são pequenos Estados insulares em desenvolvimento, indica a organização.

O objetivo global de vacinar totalmente 10% da população de cada país até 30 de setembro foi estabelecido em maio pela Assembleia Mundial da Saúde. Quase 90% dos países com rendimentos elevados atingiram este objetivo.

Metade dos 52 países africanos que receberam vacinas contra a covid-19 vacinaram completamente apenas 2% ou menos das suas populações.

“Os últimos dados mostram ganhos modestos, mas ainda há um longo caminho a percorrer para atingir o objetivo da OMS de vacinar totalmente 40% da população até ao final do ano. Os carregamentos estão a aumentar, mas os planos de entrega opacos continuam a ser o principal motivo dos atrasos em África”, disse o Richard Mihigo, coordenador do Programa de Imunização e Desenvolvimento de Vacinas do Escritório Regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) para África.

Nove países africanos, incluindo a África do Sul, Marrocos e Tunísia, tinham atingido a meta dos 10% no início de setembro e outros seis conseguiram atingir a meta ainda este mês devido ao aumento das entregas de vacinas.

Segundo a OMS, 23 milhões de vacinas contra a covid-19 chegaram a África em setembro, o que representa um aumento de dez vezes em relação a junho.

No entanto, apenas 60 milhões de africanos foram totalmente vacinados até à data e 2% das mais de 6 mil milhões de vacinas dadas a nível mundial foram administradas no continente.

A Covax — a plataforma global para assegurar um acesso equitativo às vacinas – está a trabalhar com doadores para identificar os países que podem atualmente absorver grandes volumes de vacinas e enviá-las e planeia reforçar o seu apoio aos países que não dispõem de outras fontes de vacinas.

O número de casos de covid-19 em África caiu 35%, para pouco mais de 74.000 na semana até 26 de setembro. Quase 1.800 mortes foram relatadas em 34 países africanos no mesmo período.

Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.