Presidenciais: José Maria Neves e Carlos Veiga acreditam na eleição à primeira volta

28/09/2021 22:36 - Modificado em 28/09/2021 22:36
| Comentários fechados em Presidenciais: José Maria Neves e Carlos Veiga acreditam na eleição à primeira volta

Os dois principais candidatos às presidenciais de 17 de Outubro, Carlos Veiga e José Maria Neves, que são apoiados pelos três maiores partidos do país, afirmaram acreditar na sua eleição já na primeira volta. Estas foram as mensagens de confiança que ambos os candidatos quiseram passar aos seus apoiantes dois dias antes do início da campanha eleitoral que arranca no dia 30 de setembro.

“Eu espero que tudo seja resolvido na primeira volta e estamos a trabalhar para isso. Para que estas eleições sejam resolvidas na primeira volta, em condições normais. E mesmo em condições anormais iremos fazer tudo para ganhar estas eleições”, afirmou José Maria Neves, 61 anos, antigo primeiro-ministro de Cabo Verde entre 2001 e 2016 e que conta com o apoio do PAICV, na oposição.

Por seu lado Carlos Veiga “, afirmou à agência Lusa a sua convicção de que tem “todas as condições para ganhar estas eleições à primeira volta. Ele  também foi primeiro-ministro, de 1991 a 2001. Ao mesmo disse que se trata apenas de um pensamento, apenas. #Não quer dizer que isso tenha de ser assim. Nós estamos preparados para todas as eventualidades e, portanto, não é um problema que nos preocupa. Neste momento estamos a trabalhar para termos o máximo possível de votos. É assim que se ganha as eleições e vamos a ver o que vai acontecer”, acrescentou.

Carlos Veiga diz que o país precisa de um candidato que possa unir os cabo-verdianos e enfatizou que tem estas condições.

A mesma posição tem José Maria Neves que além de união, diz que Cabo Verde precisa de um presidente que cuida, que protege, que aconselha, que sugere, “mas também que é um árbitro imparcial da fiscalização governamental, que pode apaziguar os conflitos. Um Presidente que, respeitando as diferenças, respeitando o pluralismo da democracia, trabalha todos os dias para que haja, em cooperação estratégica com o Governo, mais economia, mais emprego, menos pobreza e menos desigualdade em Cabo Verde”, afirmou José Maria Neves à lusa, prometendo, caso seja eleito, ser um Presidente “presente e atuante”.

Cabo Verde realiza eleições presidenciais em 17 de outubro de 2021, às quais já não concorre Jorge Carlos Fonseca que cumpre o segundo e último mandato como Presidente da República.

Para além destes dois candidatos, o Tribunal Constitucional admitiu as candidaturas de Fernando Rocha Delgado, Gilson Alves, Hélio Sanches, Joaquim Jaime Monteiro e Casimiro de Pina.

Elvis Carvalho

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.