Eduíno Oliveira é o vencedor da primeira edição do “Mindel Open em Ténis” 2021

27/09/2021 16:57 - Modificado em 27/09/2021 16:57
| Comentários fechados em Eduíno Oliveira é o vencedor da primeira edição do “Mindel Open em Ténis” 2021

O tenista Eduíno Oliveira, detentor do título de campeão de Cabo Verde, 2019, conquistou no domingo, 26 setembro, a primeira edição do “Mindel Open Ténis 2021” após vencer Hélder Teixeira da cidade da Praia na final, pelos parciais de 6/1 e 6/4 na disputa do torneio realizado no Clube de Ténis do Mindelo, São Vicente.

A prova que marcou a retoma das actividades desportivas após uma paragem das competições em São Vicente devido à pandemia da covid-19, teve a participação de 8 atletas em representação de quatro ilhas.

O tenista Mindelense Eduíno Oliveira, que iniciou a prova como favorito a conquista da prova, venceu todos os jogos sem ter perdido um set. “Desde de início que estabeleci como meta entrar bem no torneio e vencer todos os jogos, com objetivo conquistar o título” referiu o tenista que assim garante o troféu para S. Vicente.

O primeiro set começou com saque de Eduíno Oliveira que dominou completamente a quadra sem dificuldades. De facto ele esteve melhor no primeiro set, tendo saído vitorioso por 6-1. A superioridade do tenista manteve-se no segundo set com uma vitória por 6-4. Apesar dos resultados, ele considerou que “Foi um jogo complicado, o Hélder Teixeira tem um jogo bastante peculiar: Por isso temos que estar bem concentrados e taticamente focados”, porque se houver algum deslise é fácil ele inverter o jogo a seu favor”, reconheceu Eduíno Oliveira que junta mais um título à sua coleção.

Já Hélder Teixeira, o derrotado desta final, destacou a organização da prova e reconheceu a superioridade do adversário. “Foi uma competição bem organizada, acredito que fiz uma boa prestação. Não contava chegar à final, mas consegui e foi muito bom”, apontou o representante da ilha de Santiago que agradeceu o convite da organização e estimulou os organizadores das outras ilhas a seguirem o exemplo de São Vicente.

O ideal seria que se juntassem as associações e a federação para que cada ilha possa organizar um Open, com a vantagem de os atletas não pararem de treinar e elevar os seus desempenhos físicos e técnicos.

Por seu lado, Eduíno Oliveira, que é também presidente do Clube de Ténis Mindelo, subescreveu esta posição e reconheceu a importância da realização destes torneios para uma maior competitividade dos atletas.

Marvin Silva ficou em terceiro, Anderson Neves ficou em quatro lugar.

O primeiro Open de Mindelo em ténis é uma iniciativa que contou com o apoio do empresário da esplanada Caravela, para marcar a retoma das actividades do Clube de Ténis após a paragem das competições devido à pandemia da covid-19.

Elvis Carvalho

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.