Angola quer “beber” da experiência de Cabo Verde sobre a Lei da paridade

16/09/2021 00:00 - Modificado em 16/09/2021 00:00
| Comentários fechados em Angola quer “beber” da experiência de Cabo Verde sobre a Lei da paridade

Antes de deixar o cargo, a presidente do Instituto Cabo-verdiano da Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), Rosana Almeida, foi convidada para participar num encontro sobre a lei de paridade em Angola, esta quarta-feira.

A convite das autoridades angolanas, ela vai proferir uma palestra sobre a experiência cabo-verdiana sobre a Lei da paridade, num evento a ter realizar-se em Luanda e que irá analisar a situação das relações de género em Angola.

“As autoridades angolanas pretendem debater, analisar, discutir e encontrar caminhos viáveis para a eliminação da discriminação contra meninas e raparigas, com vista à sua participação ativa e consciente nos diferentes processos de desenvolvimento de Angola”, refere o ICIEG na sua rede social.

Ao participar deste debate, Cabo Verde representado pelo ICIEG, vai levar toda a sua experiência de advocacia e que levou a aprovação e seguimento da Lei da Paridade, experiência seguida de perto pela Rosana Almeida que liderou enquanto presidente do ICIEG todo o processo de advocacia com vista à votação da lei da Paridade.

A aprovação da Lei n° 68/IX/2019, que passou a obrigar a paridade na representação política nos órgãos colegiais do poder político e no exercício de cargos de decisão, tem sido um instrumento jurídico de extrema importância na promoção da igualdade de género no arquipélago.

O fórum internacional conta com as presenças das Ministras de Ação Social Faustina Inglês Alves, Ministra de Estado da Área Social, Carolina Cerqueira, representante do fundo das Nações Unidas para a população, representante do Ministério da Justiça e Direitos Humanos de Angola, a Diretora para as questões de Género e a Presidente da Rede de Mulheres Parlamentares.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.