Venezuela: Alex Saab na delegação do Governo que negocia com oposição

15/09/2021 10:24 - Modificado em 15/09/2021 13:38

Tendo em vista a terceira rodada de negociações a ser realizada na Cidade do México nos dias 24 e 27 de setembro de 2021, Alex Saab foi nomeado pela República Bolivariana da Venezuela para fazer parte da delegação que representa os interesses do Governo da Venezuela.

Embora continue detido por Cabo Verde, de forma arbitrária e em violação da imunidade diplomática, tendo em vista a sua extradição para fins políticos para os Estados Unidos da América, a sua participação efectiva nas negociações como representante do Governo de Venezuela é .considerado essencial e fundamental.

Do ponto de vista técnico, é o seu know-how, a sua longa experiência na área, o seu conhecimento detalhado das questões políticas e a sua capacidade de negociação que justificam plenamente esta escolha. .Do ponto de vista político, o governo venezuelano reitera sua plena confiança em Alex Saab e seu apoio inabalável. Finalmente, de um ponto de vista simbólico e pragmático, a participação efetiva de Alex Saab nessas negociações marcaria a disposição de todas as partes e observadores externos de se abrirem ao diálogo e de explorar soluções sustentáveis ​​a fim de restaurar o pleno gozo do econômico, direitos sociais e culturais na Venezuela e para atender às necessidades humanitárias mais básicas.

Este era já o mandato temático de Alex Saab como enviado especial, nomeadamente durante a sua detenção ilegítima por Cabo Verde durante um trânsito técnico a 12 de junho de 2020 Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, ilha do Sal, com base num mandado de captura internacional emitido pelos EUA, numa viagem para o Irão em representação da Venezuela, na qualidade de “enviado especial” e com passaporte diplomático.

A sua detenção colocou Cabo Verde no centro de uma disputa entre o regime do Presidente Nicolás Maduro, na Venezuela, que alega as suas funções diplomáticas aquando da detenção, e a Presidência norte-americana, bem como irregularidades no mandado de captura internacional e no processo de detenção.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.