Governo afirma que cabo-verdianos vão pagar menos 3,27 escudos por kilowatt hora consumido do que pagavam em 2019

13/09/2021 22:55 - Modificado em 13/09/2021 22:55

Na sequência das recentes informações veiculadas pela Agência de Regulação Multissetorial da Economia (ARME), que dão conta da subida da eletricidade a partir de 01 de outubro em 37 por cento (%), o executivo esclarece que os cabo-verdianos vão pagar menos 3,27 escudos por quilowatt hora consumido do que pagavam em 2019.

De acordo com o executivo existe neste momento “algum ruído” na interpretação dos números avançados pela Agência de Regulação Multissetorial da Economia (ARME), sobre a subida na ordem dos 37 por cento (%) do preço da eletricidade.

Comparativamente a 2019, assegura a mesma fonte que um cliente doméstico que consumia mensalmente mais de 60 kilowatt, pagou 29,55 escudos por kilowatt hora nos meses de janeiro, fevereiro e março. Já nos meses de abril a setembro pagou 31,47 escudos. Por fim, de outubro a dezembro os clientes domésticos pagaram 27,85 escudos por kilowatt hora.

Em média, os clientes domésticos pagaram cerca de 30,09 escudos por quilowatt-hora.

Já em 2021, o executivo esclarece que este mesmo cliente paga de janeiro a finais de setembro de 2021, um total de 25,21 escudos por quilowatt-hora. Nos meses de outubro a dezembro pagará 31,64 escudos por kilowatt hora.

Conforme o Governo, este cliente vai pagar em média 26,82 escudos por kilowatt hora.

“Significa que em 2021 vai pagar menos 3,27 escudos por kilowatt hora consumido do que pagava em 2019, o que equivale a 14 por cento (%) a menos” conclui.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.