Qualificação Mundial de 2022: “Tubarões Azuis” já estão em São Vicente

2/09/2021 21:24 - Modificado em 2/09/2021 21:24
| Comentários fechados em Qualificação Mundial de 2022: “Tubarões Azuis” já estão em São Vicente

A seleção masculina de Futebol de Cabo Verde já se encontra na ilha de São Vicente para receber, a sua congénere da Nigéria em jogo da segunda jornada do Grupo C de qualificação para o Mundial’2022, a ser disputado na próxima terça-feira, 07 setembro, no Estádio Adérito Sena, que se encontra completamente remodelado para acolher jogos internacionais.

Além deste jogo, São Vicente poderá vir a receber outros jogos da seleção nacional, devendo para isso serem resolvidas algumas não conformidades apontadas durante a inspeção geral ao Estádio Adérito Sena, referiu o Vice-presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, FCF, Paulo Santos, que assegurou ainda que cumpridas estas exigências, o Adérito Sena vai estar disponível para acolher outros jogos dos “Tubarões Azuis”, que se encontra na ilha desde de domingo, com uma equipa a preparar a logística e organização do jogo .

“Basicamente são aspetos ligados as novas exigências sanitárias, à criação de portas de segurança para a saída do estádio e de acesso de jornalistas e de viaturas para dentro da infraestrutura, bem como a melhoria e criação de condições para que pessoas com necessidades especiais possam assistir aos jogos, entre outros”, explicou Paulo Santos, que assegurou ainda que cumpridas estas exigências, o Adérito Sena vai estar disponível para acolher outros jogos dos “Tubarões Azuis”.

Vice-presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, FCF, Paulo Santos

Segundo este dirigente desportivo tudo está a ser organizado para que o jogo de terça-feira aconteça dentro da normalidade e com bom resultado, e quando falamos de um bom resultado, queremos dizer, uma vitória”.

A presença de adeptos no jogo entre Cabo Verde e Nigéria, no estádio Adérito Sena, vai depender da decisão da Federação Internacional de Futebol (FIFA) e da Confederação Africana de Futebol (CAF), que estão a analisar uma derrogação enviada pela FCF.

“Enviamos uma derrogação, que é uma premissa que nos permite uma reanálise da situação, tendo em conta que São Vicente tem uma taxa de vacinação extremamente boa. Apresentámos as nossas justificativas e por ser um estádio pequeno, podermos vir a ter 33% do público nas bancadas, conclui Paulo Santos.

EC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.