Proteção Civil alerta as autoridades para intensificarem medidas preventivas com o aproximar de depressão tropical

31/08/2021 20:20 - Modificado em 31/08/2021 20:20
| Comentários fechados em Proteção Civil alerta as autoridades para intensificarem medidas preventivas com o aproximar de depressão tropical

De acordo com informações, recentemente, divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) aproxima-se, de Cabo Verde, um sistema de baixa pressão, que poderá evoluir para uma depressão tropical, podendo condicionar o estado do tempo em todo o arquipélago.

E na sequência deste alerta do INMG, que prevê o agravamento das condições atmosféricas nas próximas 48h com maior incidência para as ilhas de Boavista, Maio, Santiago, Fogo e Brava, o Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB) alertou as entidades públicas, centrais e locais, particularmente as Câmaras Municipais sobre a necessidade de assegurar as medidas necessárias e indispensáveis à elevação do grau de prontidão, assim como a adoção de medidas preventivas.

O SNPCB pede as câmaras municipais, especial relevo a identificação atempada de habitações e populações residentes em zonas de risco de cheias e inundações, bem como o providenciar a identificação e preparação de possíveis locais ou centros de acolhimento destinados ao abrigo de pessoas evacuadas.

Ainda, segundo a mesma fonte é preciso, identificar as necessidades e formas de apoio logístico e abastecimento às populações, em tempo útil, caso a situação vier a exigir e assim garantir a prontidão de meios e recursos indispensáveis e necessárias à sua mobilização e utilização nas situações previamente identificadas.

O SNPCB afirma ainda que vai fazer o acompanhamento permanente do Sistema Tropical, a sua evolução e monitorização, atualizando e comunicando informações de forma regular e em tempo útil, sempre que a situação assim o exigir.

Nas zonas mais vulneráveis e suscetíveis às cheias e inundações, o SNPCB recomenda também a adoção das seguintes medidas preventivas, como a desobstrução e desassoreamento de linhas de água, principalmente junto a pontes, aquedutos e outros pontos de estrangulamentos de escoamento, de diques e muros de contenção destinados à retenção de sedimentos nas encostas.

Ainda à limpeza de resíduos sólidos urbanos depositados nos troços marginais dos cursos de água e a verificação de eventuais situações de deslizamento de terra, derrocadas e desmoronamentos de blocos de rochas.

Elvis Carvalho

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.