Empreendedorismo: Jovem psicóloga de Ribeirinha aposta na abertura de um jardim infantil com métodos pedagógicos modernos

31/08/2021 01:31 - Modificado em 9/09/2021 16:02
| Comentários fechados em Empreendedorismo: Jovem psicóloga de Ribeirinha aposta na abertura de um jardim infantil com métodos pedagógicos modernos
Liliana Andrade

O jardim infantil “Lili” em Ribeirinha, São Vicente, quer ser mais do que um simples jardim infantil. No local, segundo Liliana Andrade, responsável pelo espaço, assegurou que a partir dali, as crianças vão preparadas para a escola com métodos pedagógicos modernos. Psicóloga Clínica e da Saúde, esta jovem junta o conhecimento profissional adquirido ao longo de vários anos como estagiária profissional com a necessidade de suprimir a falta de um espaço infantil na zona, a segunda mais populosa da ilha e que não possui um jardim infantil.

O jardim infantil a ser gerido por Liliana Andrade, natural da zona de Ribeirinha, em entrevista ao Notícias do Norte, conta que o espaço recebeu obras de remodelação profundas com vista a proporcionar melhores condições de trabalho às crianças e às monitoras.

A responsável por este projecto referiu que a zona, por ser a segunda mais populosa da ilha, e não ter um jardim, faz muito sentido a criação deste espaço para as crianças da zona terem um local perto de casa onde podem ser preparados de forma lúdica e didática para o ensino escolar. “Este foi um dos propósitos que me motivou. Sendo uma das principais a vontade de empreender em algo próprio, após vários anos de estágio, sem nenhuma garantia de emprego, resolvi arriscar e dar este passo”, explicou Liliana Andrade.

Embora admita ser arriscado dar este passo, apostar em uma ideia de negócio, com valores educativos, nesta altura de pandemia, acredita que esta é também uma oportunidade. “Este é um espaço onde pretendemos trabalhar uma aprendizagem pré-escolar sério, divertida, lúdica e didática, para que as crianças estejam preparadas para o ensino escolar”. E “as coisas tem que acontecer, não devemos parar” sustentou.

Neste sentido garantiu que o processo de seleção dos futuros profissionais da área foi bastante seletiva. “Fomos bastante seletivos na escolha destes profissionais, são pessoas com formação na área, que sabem lidar com crianças, que possuem conhecimentos e empatia” elucidou.

Com métodos de trabalho que a sua formação na área lhe deu, juntamente com os anos de trabalho (estágio), desde de 2016, defende que têm todas as condições de terem um jardim infantil, com as melhores orientações possíveis para todas as crianças.

Aos pais, Liliana Andrade quer que saibam que a partir do momento que escolherem o jardim infantil “Lili”, é garantido às crianças a melhor educação pré-escolar.

O espaço é bastante amplo com capacidade de receber muitas crianças, mas devido a pandemia da Covid-19, assegurou, que respeitando todas as orientações sanitárias, vai reduzir o número pela metade.

Com o abertura do ano letivo, agendado para 13 de Setembro, os trabalhos de conclusão seguem a todo o gás, isso porque, segundo Liliana Andrade, o objetivo é abrir as portas ainda nesta data, mas caso não seja possível, já que está a aguardar também o aval da Delegação escolar da ilha, o prazo continua para Setembro.

“Primeiramente, devido a atrasos na conclusão das obras, que era suposto estarem já terminadas, mas devido a profundidade dos trabalhos, as coisas atrasaram, mas estamos agora na pintura do espaço”, referiu.

O espaço, conforme alguns moradores da zona, sobretudo os pais e encarregados de educação dizem que vai ser bem acolhido, já que defendem há muitos anos solicitaram a edilidade mindelense a construção de um espaço na zona, para que os pais pudessem deixar os filhos, num local mais perto de casa.

Apesar dos jardins infantis serem pensados para acolher crianças dos 4 aos 6 anos, esta responsável, propôs à delegação, já que criou as condições para que o espaço igualmente receba crianças a partir dos 3 anos, para libertar as mães enquanto trabalham.

Elvis Carvalho

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.