Jovens empreendedores nacionais podem concorrer a financiamento entre 150 mil a 1,5 milhões de escudos cabo-verdianos

25/08/2021 11:07 - Modificado em 25/08/2021 11:07
| Comentários fechados em Jovens empreendedores nacionais podem concorrer a financiamento entre 150 mil a 1,5 milhões de escudos cabo-verdianos

Criado pelo Governo de Cabo Verde em parceria com as Nações Unidas, o fundo Lavanta destina-se aos jovens empreendedores dos 18 aos 35 anos, ou mulheres, igualmente empreendedoras, sem qualquer limite de idade, cujo montante de financiamento vai de 150 mil escudos a 1,5 milhões de escudos cabo-verdianos.

De acordo com o governo, o programa terá um âmbito nacional, sendo aceites candidaturas de todas as ilhas e concelhos do território nacional, que estão abertas desde segunda-feira e prolongam-se até 13 de setembro próximo.

O montante, 300 mil dólares americano, disponibilizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), vai permitir ao governo, conforme descrição do ministro das Finanças, Olavo Correia, permitir que haja um volume de financiamento “à volta de um milhão de dólares para apoiar os micro e pequenos empresários que se encontram hoje numa situação mais difícil em termos de acesso a financiamento e que querem reerguer o seu negócio com criatividade”.

Olavo Correia que é também vice-primeiro-ministro, assegurou que com este mecanismo, estão criadas as para que mais pessoas tenham acesso a financiamento com taxas de juros mais baixas.

Olavo Correia diz que este fundo de financiamento vai reforçar as condições para que o país possa continuar a intervir e a apoiar os micros, pequenos e médios empresários, sobretudo jovens e mulheres em todas as ilhas de Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.