Covid-19: África com mais 653 mortes e 28.600 novos casos em 24 horas

23/08/2021 12:22 - Modificado em 23/08/2021 12:25
| Comentários fechados em Covid-19: África com mais 653 mortes e 28.600 novos casos em 24 horas

África registou mais 653 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, contabilizando um acumulado de 189.307 óbitos, e 28.600 novos casos de covid-19, para um total de 7.548.993, segundo dados oficiais.

De acordo com o boletim do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC) divulgado hoje, a África Austral continua a ser a região mais afetada, com 3.591.242 infetados e 99.098 mortes associadas à covid-19, desde o início da pandemia no continente.

Nesta região, só a África do Sul, o país mais afetado pela pandemia no continente africano, contabiliza 2.690.973 infetados e 79.421 mortes.

O Norte de África, é a segunda região mais afetada pela covid-19, atingindo os 2.258.459 casos e 60.793 óbitos associados à doença.

Já a África Oriental contabiliza 901.626 infeções e 18.356 mortos e a região da África Ocidental regista 583.424 infeções e 7.885 mortes.

A África Central é a região do continente com menos casos de infeção e de mortes: 214.242 casos e 3.175 óbitos.

A Tunísia, o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 22.537 óbitos, mas tem menos casos que Marrocos, com 810.949 e 11.792 óbitos por covid-19.

O Egito também faz parte da lista dos mais afetados pela pandemia com 286.352 e 16.671 mortes causadas pela doença.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique continua a ser o que mais atingido pela covid-19, registando 1.800 óbitos e 142.784 casos de infeção acumulados desde o início da pandemia e Angola sucede-lhe na lista com 1.140 mortes e 45.817 casos no total.

Cabo Verde regista 304 mortes associadas à doença e 34.738 infeções, a Guiné Equatorial 123 óbitos e 9.049 casos, a Guiné-Bissau ultrapassou este domingo os 100 mortos, com 103 óbitos registados no total e atingiu 5.518 infetados. Já São Tomé e Príncipe tem 37 óbitos e 2.517 infeções.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A covid-19 provocou pelo menos 4.423.173 mortes em todo o mundo, entre mais de 211,3 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.