Faleceu em São Vicente a produtora e comunicadora Samira Pereira

22/08/2021 12:00 - Modificado em 22/08/2021 12:02
| Comentários fechados em Faleceu em São Vicente a produtora e comunicadora Samira Pereira

A morte de Samira Pereira, oficializada por familiares na noite deste sábado(21), repercutiu instantaneamente nas redes sociais. O nome da ativista sociocultural, comunicadora e promotora tornou-se um dos assuntos mais comentados no Facebook em Cabo Verde. Vários internautas lamentaram a partida da comunicadora.

A proprietária da empresa de imagem e assessoria de imprensa O₂ Média Office, que prestava assessoria a vários eventos, na sua maioria de carácter cultural na ilha, é mais uma vítima do coronavírus. Ela testou positivo para a doença há cerca de 10 dias.

De acordo com as informações recolhidas, Samira Pereira estava internada no hospital já há alguns dias, após ter contraído o vírus da Covid-19. A notícia da sua morte chocou todos os seus amigos, conhecidos e colegas de trabalho.

Um rosto bem conhecido na ilha e no país, Samira Pereira, segundo os internautas que utilizaram as redes sociais para demonstrarem a sua tristeza, pelo passamento desta ativista cultural, na luta contra esta “maldita doença”, provocada pelo vírus da Covid-19.

Em vários post publicados nas redes sociais, lamentam a morte de “Sam’s”, como era conhecida pelos amigos. “Não temos forças para segurar essa tristeza… a Cultura perdeu muito hoje! Em nome de toda a equipa Alaim nossos sentimentos a família e amigos. Conforto nos seus corações nesse momento! E o nosso muito obrigado por tudo Samira! A cultura vai-te ser sempre grata!”, escreveu a ALAIM na sua página no Facebook.

“Ficam na memória, grandes momentos e experiências vividas, projetos partilhados” e acima de tudo, dizem os internautas de várias partes do país, principalmente de São Vicente, calou-se a voz que “explicava as vozes, curvas, ideias, conceitos, projetos… das atividades mil dos agentes culturais”, escreveram outros amigos.

Num post na sua página no Facebook, Abraão Vicente lamenta a partida de Samira Pereira. “Dói muito Samira Pereira…tão longos foram os dias, Lisboa, Praia, Mindelo, todas as ilhas…tantos sonhos e tantas partilhas…aprendemos juntos na militância pela arte e pela cultura… hoje partes sem muitas palavras, sem nenhum cerimonial, sem nenhum texto escrito pelo teu punho onde nos descreverias com minúcia literária os teus dias de luta contra esta doença maldita…tinha tantas esperanças que de repente um texto seu, em curtas palavras, em resumo, nos dissesse: VENCI! Dói muito ao ler e reler as nossas últimas mensagens onde tu criando novas pontes: “… gostava mesmo de uma troca de ideias mais informal e pessoal. Um café, um chá gelado, uma taça de vinho, um copo de água….que o teu caminho seja de luz Sams…cuidaremos de tudo o que deixas em silêncio…”, conclui Abraão Vicente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.