Suspeitos do homicídio de Zenira Gomes, na Praia, ficam em prisão preventiva

21/08/2021 12:37 - Modificado em 21/08/2021 12:37
| Comentários fechados em Suspeitos do homicídio de Zenira Gomes, na Praia, ficam em prisão preventiva

A Polícia Judiciária (PJ) cabo-verdiana informou esta sexta-feira, que os dois homens presos terça-feira, fora de flagrante delito, suspeitos do homicídio de Zenira Gomes, uma jovem de 35 anos natural da ilha do Sal que se encontrava de férias na cidade da Praia quando aconteceu o crime, foram colocados em prisão preventiva, de acordo com decisão do tribunal.

Numa nota de imprensa hoje divulgada, a PJ deu conta de que os dois homens, de 32 e 38 anos, um dos quais residente na localidade de Terra Branca, na cidade da Praia, e o outro natural dos Estados Unidos da América (EUA) mas com nacionalidade cabo-verdiana, ambos de férias em Cabo Verde, são os principais suspeitos da prática de um crime de homicídio agravado [contra Zenira Gomes] e de um crime de armas, cometidos no passado dia 26 de julho.

O corpo da vítima viria a ser encontrado no dia 29 de Julho, três dias depois do crime, pelos cálculos da polícia, numa ladeira da zona de Naranjo, ao lado da estrada da Circular da Praia, onde terá sido abandonada pelos autores do homicídio.

Os dois suspeitos foram detidos na passada terça-feira, 17, por agentes da Secção de Investigação de Crimes Contra Pessoas (SICCP) da Polícia Judiciária, no cumprimento de dois mandados judiciais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.