Manifestantes consideram que Cabo Verde não tem nada a ver com o “problema” existente entre a Venezuela e os EUA

13/08/2021 13:21 - Modificado em 13/08/2021 13:21
| Comentários fechados em Manifestantes consideram que Cabo Verde não tem nada a ver com o “problema” existente entre a Venezuela e os EUA

Elementos que participaram, hoje, de manhã, numa manifestação junto do Tribunal constitucional, onde decorria a audiência para decidir sobre um recurso da defesa conta a extradição do diplomata venezuelano, exigiram a libertação de Alex Saab.  Consideram que “Cabo Verde não tem nada a ver com o problema existente entre a Venezuela e os Estados Unidos” e por isso não devia ter intervindo neste assunto. Esta posição é também  defendida por cerca de 85% da população de São Vicente, Praia e Santa Catarina, que numa pesquisa de opinião realizada, no ano passado, defende que o governo de Cabo Verde agiu mal ou se intrometer nesse assunto e de ter assumido a defesa dos interesses dos EUA.

Os manifestantes também consideram que “Alex Saab é um diplomata estrangeiro que foi preso ilegalmente no nosso país, e por isso deve ser libertado”. Aqui também vão de encontro com a decisão do Tribunal da CEDEAO, que Março  do ano passado mandou libertar Alex Saab por considerar a prisão ilegal. 

Outros  manifestantes que falaram à imprensa manifestaram receio pelas represálias e consequências, diplomáticas e outras, que Cabo Verde pode vir a sofrer por ter prendido e mantido Alex Saab sob custódia e  insistindo na tentativa de o extraditar para os Estados Unidos.

Receios esses que ontem saíram da esfera das teorias da conspiração quanto a Rússia através de um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros deixou claro que haverá consequências pela prática dos EUA em mandar deter um diplomata num país terceiro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.