Cabo Verde com quatro casos da variante delta da Covid-19

10/08/2021 01:42 - Modificado em 10/08/2021 01:42

Cabo Verde já regista quatro casos da variante delta de Covid19, informou segunda-feira o Director Nacional de Saúde (DNS), na habitual conferência de Imprensa semanal de balanço da situação da Covid-19 no país.

De acordo com Jorge Noel Barreto, os quatro casos dessa nova variante, toos reportados na ilha de Santiago, fazem parte de um lote de amostras recolhidas em todas as ilhas e enviadas ao laboratório do Instituto Pasteur, de Dacar, no Senegal, das quais 16 foram analisadas.

A confirmação dessa variante é vista como preocupante, devido à sua alta taxa de contágio, “muito maior que o vírus original”, segundo Jorge Barreto, que perspectivou que, nos próximos dias, poderá haver “mais casos, mais casos graves e eventualmente mais mortes”, pelo que urge “reforçar as medidas de protecção”.

“A possibilidade de termos casos da variante delta sempre existiu. Seria um bocadinho ilógico não pensarmos dessa forma” sustentou este responsável, para quem é mais preocupante a hipótese de esse vir já se encontrar a circular no país há algum tempo do que ter entrado recentemente.

“Não temos condições neste momento de provar nenhuma destas hipóteses. Vamos esperar pela evolução epidemiológica” esclareceu Jorge Barreto, que apelou os cidadãos a manterem com rigor a observância das medidas de proteção contra a covid-19.

A nova variante delta do coronavírus tornou-se a maior preocupação actual no combate à pandemia de covid-19, mesmo nos países com ritmos de vacinação mais avançados.

A delta foi identificada pela primeira vez na Índia, em outubro de 2020. É uma das variantes do Sars-CoV-2 que apresenta mais mutações genéticas múltiplas. Ela pertencente à linhagem B.1.617.2 do vírus da covid-19.

Segundo um estudo realizado no Reino Unido, as vacinas da AstraZeneca e da Pfizer são eficazes contra a variante delta após as duas doses. Os sintomas da delta são parecidos com os da gripe comum.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.