Covid-19: Mais 1.040 mortes e 58.139 novas infecções em África nas últimas 24 horas

8/08/2021 16:29 - Modificado em 8/08/2021 16:29

Mais 1.040 mortes associadas à covid-19 foram registadas em África nas últimas 24 horas, assim como mais 58.139 casos, num total de 6.964.194 infecções, segundo os dados oficiais mais recentes sobre a pandemia na região.

Segundo o último boletim do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de óbitos associados à covid-19 é agora de 175.878.

O continente regista 6.082.655 doentes recuperados, dos quais 58.139 nas últimas 24 horas.

Neste continente, a África Austral continua a ser a região mais afectada, com 3.342.040 infectados e 92.068 mortes associadas à covid-19.

Nesta região, só a África do Sul contabiliza 2.511.178 infectados e 74.352 mortes.

O Norte de África, que sucede à África Austral nos números da covid-19, tem 2.036.531 casos e 56.229 óbitos associados à doença.

A África Oriental contabiliza 832.544 infectados e 17.295 e a região da África Ocidental regista 543.035 infecções e 7.096 mortes.

A África Central é a região do continente com menos casos de infecção e de mortes: 207.710 casos e 3.165 óbitos.

A Tunísia, o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 20.679 óbitos e 602.836 casos, seguindo-se o Egipto, com 16.562 mortes e 284.580 infectados, e Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infecções em todo o continente, 676.683 casos, mas menos mortes do que os dois países anteriores, com 10.163 óbitos associados à doença.

Entre os países mais afectados, estão também a Etiópia, com 4.415 vítimas mortais e 283.082 infecções, e a Argélia, com 4.487 óbitos e 170.216 infectados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 1.566 óbitos e 130.526 casos de infecção acumulados desde o início da pandemia e Angola contabiliza 1.042 mortes associadas à doença e 43.489 infectados acumulados.

Cabo Verde regista 298 mortes associadas à doença e 33.976 infecções, a Guiné Equatorial 123 óbitos e 8.940 casos, a Guiné-Bissau contabiliza 79 mortos e 4.702 infectados e São Tomé e Príncipe 37 óbitos e 2.463 infecções.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egipto, em 14 de Fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, em 28 de Fevereiro.

A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.247.424 mortos em todo o mundo, entre mais de 200,1 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus, desde que a OMS detectou a doença na China em finais de Dezembro de 2019, segundo o balanço mais recente da AFP com base em dados oficiais.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em Março de 2020, morreram 17.440 pessoas e foram registados 982.364 casos de infecção, segundo a Direcção-geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e actualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Inforpress/Lusa/

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.