Judo: Sandrine Billiet eliminada pela campeã do mundo no Tóquio 2020

27/07/2021 16:58 - Modificado em 27/07/2021 16:59

A judoca cabo-verdiana Sandrine Billiet foi hoje eliminada, na categoria -63 kg, ao perder com a francesa Clarisse Agbegnenou, depois de vencer Khojieva Farangiz, do Uzbequistão, na sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Conforme a página oficial dos Jogos Olímpicos, no primeiro combate realizado no “tatami” de Budokan, Sandrine Billiet venceu por ippon (golpe perfeito), numa disputa que demorou um minuto e vinte e seis segundos.

Na segunda fase, a atleta cabo-verdiana, que defrontava a campeã do mundo e medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foi imobilizada por um ippon logo aos 20 segundos da luta.

Sendo assim, Sandrine Billiet diz adeus à disputa por medalhas, uma vez que é preciso avançar até aos quartos-de-final para ficar elegível à repescagem pela medalha de bronze

Na próxima sexta-feira, 30, será a vez da natação, com Troy Pina a competir na modalidade de 50 metros livres.

No dia 31 de Julho, às 00:55, o atleta Jordin Andrade, que foi contemplado pelo Comité Olímpico Internacional (COI) com o “wild-card”, vai competir na modalidade dos 400 metros barreiras.

No mesmo dia, às 00:30, no Kokugikan Arena, o pugilista santa-cruzense David Pina, na categoria 48-52 quilogramas, faz a sua estreia, com o adversário ainda por definir.

A ginasta Márcia Lopes vai ser a última atleta cabo-verdiana a competir, tendo a sua estreia marcada para o dia 06 de Agosto, às 00:20, no Ariake Gymnastics Center.

Cabo Verde conta com seis confirmados nos primeiros jogos da Era Moderna, sendo eles Márcia Lopes, o pugilista David de Pina, os nadadores Troy Pina e Jayla Pina, Jordin Andrade (Atletismo) e Sandrine Billet (Judo).

Esta é a maior delegação de Cabo Verde nos Jogos Olímpicos, denominado agora como “Team Cabo Verde”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.