Centro Cultural do Mindelo acolhe espetáculo dos 90 anos de Morgadinho

23/07/2021 01:36 - Modificado em 23/07/2021 01:37
| Comentários fechados em Centro Cultural do Mindelo acolhe espetáculo dos 90 anos de Morgadinho

O grupo Serenata Produções celebra este sábado e domingo, o 90º aniversário do músico Morgadinho com um espetáculo no Centro Cultural do Mindelo.

Conforme o produtor Kicas Silva avançou à Inforpress, este evento tem como objectivo, de “não deixar passar em branco esta data tão bonita de Morgadinho, que fez e vai continuar a fazer muito pela música cabo-verdiana”.

O produtor conta que para esta “grande comemoração” estão convidadas vozes como Constantino Cardoso, Edson Oliveira, Jorge Sousa, Mayra Vezo, Duda Teixeira, Nadine Silva, Jorge Humberto, Jennifer Soledad, Damião Matias, Bertânia Almeida e, como “não poderia deixar de ser”, o próprio Morgadinho.

“Vão ser duas noites espetaculares, de muito boa música e que não vão deixar o público defraudado, prometo, e que pode também participar nesta data tão memorável”, assegurou Kicas Silva.

A produção, segundo a mesma fonte, gostaria de dar o “prazer” de mais gente assistir ao espetáculo, mas, devido à pandemia e a situação de calamidade vigente em todo o País, o anfiteatro do Centro Cultural do Mindelo só poderia receber 113 pessoas, por cada dia.

“Por isso que decidimos estender por dois dias para que mais pessoas tenham oportunidade de comemorar os 90 anos de Morgadinho connosco”, rematou Kicas Silva.

Os bilhetes para o evento já estão à venda pelo preço de mil escudos.

Compositor, trompetista e baixista, Morgadinho, “nominha” de Joaquim Almeida, é um dos grandes nomes da música cabo-verdiana.

Editou dois discos a solo, sendo uma das figuras centrais na grande maioria dos espetáculos em que participou com outros artistas cabo-verdianos em todo o mundo.

Entre os seus temas mais conhecidos estão “Um Criol na França”, “Cabo Verde One 2000” e “Um Página Voltod”, sempre acompanhado pelo trompete, instrumento com que compôs o instrumental “Flor Formosa”.

A paixão pelo trompete veio do cinema, quando, nos anos 40 do século XX, conheceu o trompetista norte-americano Henry James.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.