Boa Vista: Ex namorado de Gabriela Évora condenado a 23 anos e 10 meses de prisão

16/07/2021 22:06 - Modificado em 16/07/2021 22:06
| Comentários fechados em Boa Vista: Ex namorado de Gabriela Évora condenado a 23 anos e 10 meses de prisão

O ex-namorado de Gabriela Évora, detido desde 22 de Outubro, e que confessou o crime de homicídio, foi condenado pelo Tribunal da Comarca da Boa Vista a 23 anos e 10 meses de prisão.

Jorge Adalberto Teixeira matou, queimou e jogou no lixo os restos mortais da ex-namorada, Gabriela Évora na localidade do Rabil, foi ainda condenado ainda a pagar aos familiares uma indemnização de um milhão de escudos.

A pena de quase 24 anos, segundo a página Boa Vista no Ar, resulta do cúmulo jurídico de duas condenações, homicídio agravado e integridade de cadáver ou cinzas. O arguido foi condenado a pagar uma indemnização de um milhão de escudos, em 12 prestações mensais.

De acordo com o Ministério Público (MP), com base nas provas, ambos trocaram chamadas durante o regresso de Gaby à localidade de Rabil.

O arguido confessou que trabalhou por vários dias, para livrar-se da condenação dos crimes praticados.

O Tribunal considerou que “Djoje” agiu de forma livre e consciente, sabendo que as suas condutas iriam impossibilitar a localização e identificação do corpo.

O juiz recordou que o arguido sem sentimento de culpa e arrependimento e “numa frieza extrema” ajudou os familiares à procurar pela Gabriela, mesmo sabendo que a tinha matado e desfeito do corpo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.