São Vicente: Praias distantes com salva-vidas apenas no domingo

13/07/2021 20:40 - Modificado em 13/07/2021 20:40
| Comentários fechados em São Vicente: Praias distantes com salva-vidas apenas no domingo

Além da praia da Lajinha, os nadadores salvadores, fazem patrulha apenas na Praia Grande, Praia Preta (“ou praia de “Chez Loutcha”, ou de “Vila miséria”) no Calhau como é conhecido e São Pedro, mas nestes três, só no domingo, devido a disponibilidade do pessoal para prestar serviços.

A informação foi avançada a este online por um destes profissionais que, recorda ainda que os meses de Julho a Setembro, são os meses com maior fluxo de banhistas nas praias de São Vicente. “A praia da Lajinha tem vigilância durante toda a semana, e nas praias distantes, vamos apenas nos domingos, onde trabalhamos das 08 horas até as 17 horas” frisa a nossa fonte.

Neste momento, revela que existem apenas 8 nadadores, a trabalhar na praia da Lajinha, em turnos de dois, o que considera ser insuficiente, tendo em conta a afluência de pessoas nas praias no verão.

Em relação a sinalização, este salva-vidas diz que as praias balneares de São Vicente estão bem sinalizadas, “Estas praias tem boa sinalização, mas como temos algumas que não são consideradas praias balneares, e onde vai muita gente infelizmente não tem sinalização é, muito perigoso para quem vai sem salva-vidas” sublinha.

Apesar de muito frequentado, a Praia de Cova de Inglesa, por não ser considerada praia balnear, a par de “Pedra de Doca”, não tem vigilância. O mesmo acontece com as praias do Norte de Baía, Salamansa e “Jon Debra”.

Em relação a Praia de São Pedro, critica o sistema usado pelas autoridades responsáveis, que alegam ter reforçado a vigilância com duas torres e salva-vidas, quando o que aconteceu, foi a retirada destas torres da Laginha para este local. “Mas continuamos a ir apenas no domingo. E as torres que deveriam ficar perto da Praia de Santo André, em frente ao Foya Branca, foram colocados perto da praia dos pescadores”, critica este profissional que diz ainda que é preciso rever este sistema de colocação de nadadores salva vidas em São Vicente.

E Cova de Inglesa e Pedra de Doca, devido a sua frequência, apesar de não serem considerados praias balneares, defende que deveriam ser colocados salva-vidas nestes locais.

Como se sabe, a Laginha é uma das únicas praias que desde 1992 trabalha durante todo o ano com nadadores salvadores que são distribuídos desde as seis da manhã até às seis da tarde.

Elvis Carvalho

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.