Tribunal da Praia liberta inspector da PJ que estava sendo “fortemente indiciado” da prática de vários crimes como tráfico de droga

11/07/2021 21:32 - Modificado em 11/07/2021 21:35
| Comentários fechados em Tribunal da Praia liberta inspector da PJ que estava sendo “fortemente indiciado” da prática de vários crimes como tráfico de droga

O inspector da Polícia Judiciária cabo-verdiana, detido na passada quarta-feira, na cidade da Praia, por estar “fortemente indiciado” da prática de vários crimes, nomeadamente tráfico de droga, foi colocado em liberdade pelo Tribunal da Comarca da Praia.

De acordo com informações avançadas a imprensa pelo advogado de defesa Félix Cardoso, a detenção do inspetor Gerson Lima, fora de flagrante delito, emitido pelo Procurador Geral da República, foi feito de forma “ilegal” porque foi contra o quadro estatutário da Polícia Judiciária que consagra uma imunidade reforçada ao pessoal de investigação criminal.

Neste sentido, adianta que não foi respeitado o quadro legal da PJ, pelo que a forma como o mandato foi emitido, “fere os estatutos da Polícia Judiciária”, o que levou a defesa a fazer um pedido de habeas corpus, que foi aceite pelo juiz do Tribunal da Comarca da Praia, colocando assim em liberdade o inspetor da PJ.

O mesmo salientou que o processo “não tem pernas para andar”, garantindo que o inspetor “não cometeu qualquer crime”.

De recordar que o funcionário de polícia de 43 anos, foi detido fora de flagrante delito na quarta-feira, em causa estavam fortes indícios da prática de crimes como adesão e colaboração com associações criminosas para tráfico de droga, branqueamento de capitais, corrupção e extorsão.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.