Objetivo do Governo é chegar a 100% de motorização nas embarcações de pesca artesanal – Paulo Veiga

8/07/2021 21:08 - Modificado em 8/07/2021 21:08
| Comentários fechados em Objetivo do Governo é chegar a 100% de motorização nas embarcações de pesca artesanal – Paulo Veiga
Fonte: Ministério do Mar

O Ministro do Mar, Paulo Veiga, entregou na tarde desta quinta-feira, 08, nos estaleiros da Onave, em Mindelo, uma embarcação de pesca artesanal e um motor-de-popa financiados pelo Fundo Autónomo das Pescas (FAP).

Conforme declarações do Ministro Paulo Veiga, estas doações é continuar com à política do Governo de Cabo Verde de dotar as comunidades piscatórias de melhores condições de trabalho, com mais segurança, cujo objetivo é chegar a 100% de motorização nas embarcações de pesca artesanal a nível nacional.

Neste processo, foi também entregue um “kit” de segurança, para que tenham a bordo os equipamentos necessários em caso de emergência.

A referida embarcação, entregue a Nair Idalina Dias, possui 6,5 metros e 2 m de boca e foi totalmente construída de raiz com utilização de técnicas e meio semi-manuais. Dispõe de revestimento em fibra de vidro para permitir uma maior durabilidade e todas as condições seguras de navegabilidade.

Fonte: Ministério do Mar

“Sabemos que são custos que muitas vezes os donos dos botes ou pescadores não têm condições de adquirir e, por isso, o objetivo do Ministério do Mar, através do Fundo das Pescas é, dar sempre equipamentos para num futuro breve começar a fiscalizar e exigir que cada vez que os pescadores vão ao mar tenham esses equipamentos de segurança” realçou.

Já o motor-de-popa entregue a José António Cruz, de acordo com o governante passará a ser uma ferramenta de “grande utilidade” que, para além de acelerar a chegada aos bancos de pesca permite maior segurança na operação pesqueira.

“Todos nós falámos em sobre pesca e menos peixes nas costas e por isso há necessidade de ter e melhorar as condições para ir mais longe”, frisou Paulo Veiga.

Quanto à entrega do motor de popa ao pescador José Cruz, enquadra-se, segundo a mesma fonte, no objectivo de se chegar a 100 por cento (%) de motorização a nível nacional das embarcações de pesca artesanal, para que as comunidades tenham “melhores condições de trabalho e maior segurança” no seu dia-a-dia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.