EllaLink – cabo submarino internacional de comunicações começa a funcionar em Cabo Verde em Julho

7/07/2021 10:05 - Modificado em 7/07/2021 10:05
| Comentários fechados em EllaLink – cabo submarino internacional de comunicações começa a funcionar em Cabo Verde em Julho

O cabo de telecomunicações submarino, com seis mil quilómetros de comprimento, EllaLink é um cabo óptico submarino que liga o Brasil e a Europa, conectando os principais hubs de S. Paulo e Fortaleza a Lisboa e Madrid.

É, atualmente, um dos cabos mais modernos e com maior capacidade de transferência de dados pela internet. Desde o início de Junho de 2021, está pronto a funcionar, com pontos de presença em Barcelona, Fortaleza, Funchal, Lisboa, Madrid, Marselha, Praia, S. Paulo, Sines e Rio de Janeiro. Em Cabo Verde, entra em serviço em Julho.

“Este novo cabo submarino vem assegurar o futuro da conectividade no país, já que tem maior capacidade e garante redundância e segurança no acesso internacional”. Neste momento, o único cabo submarino que liga Cabo Verde ao resto do mundo (o WACS) apresenta limitações de capacidade e começa a ficar obsoleto.

A estratégia de Cabo Verde passa por criar um hub de conectividade, onde vários cabos submarinos se cruzam, e vender esta capacidade para a nossa sub-região, através da rede Amílcar Cabral, ligada diretamente aos países membros da CEDEAO com costa marítima, ou próximos da costa.

Esta ligação melhora a integração regional, abre novos horizontes e ativa um conjunto de oportunidades em diferentes setores de armazenamento e processamento de dados.

Cabo Verde posiciona-se, assim, como um centro de prestação de serviços de integração, devido à sua posição geoestratégica e proximidade com diferentes continentes.

Sendo a economia digital um dos vectores estratégicos para o desenvolvimento do país, foram feitos importantes investimentos nos últimos anos, no sentido de garantir uma conectividade de excelência. Assim, espera-se que o actual estado das infraestruturas de telecomunicações em Cabo Verde impulsione o sector das TIC e, com isso, a modernização da administração do Estado, do sector empresarial e da economia, de forma geral.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.